Crepúsculo Vermelho (1959)

The Journey - Poster 1

 

Título original – The Journey

 

Par de luxo, num melodrama clássico, dirigido por um mestre do género.

Budapeste, 1956.

Tropas soviéticas estão pela cidade. Um grupo de europeus ocidentais tenta sair do país, mas é retido um oficial soviético, rigoroso, mas hospitaleiro e conversador.

Até que o militar se começa a interessar por uma senhora inglesa, que protege um fugitivo aos soviéticos.

The Journey - screenshot 8

The Journey - screenshot 10

Tropas a invadir um país. Pessoas em fuga. Época de Guerra Fria na Europa (de Leste).

Poderia dar origem a um bom action spy thriller, na onda dos que se fizeram na época à volta destes temas.

Mas “The Journey” decide seguir outros rumos.

The Journey - screenshot 1

The Journey - screenshot 2

The Journey - screenshot 3

Acaba por ser um comovente drama sobre as convulsões político-sociais-militares, os idealismos, a sobrevivência (individual e em grupo) em tais circunstâncias, o choque cultural e o fascínio pela diferença, bem como a tolerância e o diálogo.

The Journey - screenshot 4

The Journey - screenshot 6

The Journey - screenshot 7

Boa prestação do elenco, a compor (com ajuda do consistente e sentimental argumento) personagens diversas e com personalidade.

Yul Brynner está excelente como um homem (militar) dividido entre o dever e o sentimento, frio e rígido, mas também sensível e humano.

Deborah Kerr está esplêndida (como sempre, não?), como uma mulher apaixonada (nos sentimentos e valores), mobilizada pelas suas emoções e razões.

The Journey - screenshot 11

Anatole Litvak dirige com a sua habitual competência, cativando sempre o espectador nos eventos e emoções que surgem, sabendo fazer suspense à volta do drama, gerindo muito bem o espaço (raramente saímos do hotel – quartos e sala de jantar).

The Journey - screenshot 12

Uma pequena jóia do género, vinda de um grande realizador para estas coisas.

 

Muito recomendável.

 

“The Journey” tem edição portuguesa e já andou a preço digno de fazer uma journey à prateleira do cinéfilo.

The Journey - screenshot 13

Realizador: Anatole Litvak

Argumentista: George Tabori

Elenco: Deborah Kerr, Yul Brynner, Jason Robards, Robert Morley, E.G. Marshall, Anne Jackson, Ron Howard, Gérard Oury, Anouk Aimée

 

Orçamento – 2 milhões de Dólares

Bilheteira – cerca de 3.5 milhões de Dólares

 

Trailer

 

Momentos

 

The Journey - Poster 4

O filme faz uma adaptação bastante livre do conto de Guy de Maupassant, “Boule de Suif”. A protagonista do conto é uma prostituta e o protagonista é um homem mais frio.

The Journey - Poster 5

Chegou-se a falar em Ingrid Bergman como protagonista. Tal marcaria o seu reencontro com Yul Brynner, depois de Anastasia (1956).

 

Reencontro entre Deborah Kerr e Brynner, depois de “The King and I” (1956; que valeu a Brynner o Oscar para “Melhor Actor”).

Na época havia o rumor de um romance entre Kerr e Brynner. Tudo ficou calmo quando a actriz casou e o actor era uma das testemunhas. Contudo, ambos sempre vincaram a forte amizade que os unia.

The Journey - Poster 6

Filme de estreia de Jason Robards e Ron Howard.

Durante as filmagens Brynner foi ferido por um fã fanático, que lhe cortou a mão. Truques de enquadramento e de caracterização impedem de ver os estragos na mão de Brynner.

The Journey - Poster 10

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s