Sonic: O Filme (2020)

 

Título original – Sonic The Hedgehog

 

Sonic é uma das mais felizes e perfeitas criações (o seu design é muito culpado disso) da pop culture do Século XX.

Criado como um personagem de muitos, excelentes e bem-sucedido$ videogames, Sonic tornou-se um dos favoritos da pequenada e cimentou o poder no mundo dos videogames da sempre impecável SEGA.

Eis a sua chegada ao Cinema.

Continuar a ler

‘Bora Lá (2020)

 

Título original – Onward

 

É a pérola da Pixar para este início de ano.

(ainda há que contar com “Soul”, que chega lá para o Verão)

Uma viagem ao quotidiano de criaturas mágicas.

Continuar a ler

Jexi (2019)

 

Comédia sobre as dependências do telemóvel.

Continuar a ler

Dick e Jane – Ladrões Sem Jeito (2005)

 

Título original – Fun with Dick & Jane

 

“Fun with Dick and Jane” (1977; já aqui visto) foi uma comédia popular nos anos 70.

Alguém achou que seria engraçado fazer um remake.

Cá vem ele.

Depois do divertido casal George Segal & Jane Fonda, eis um outro também dotado para o humor – Jim Carrey & Téa Leoni.

Continuar a ler

Adivinhe Quem Vem Para Roubar (1977)

 

Título original – Fun with Dick and Jane

 

Competente casal para a comédia, que visa um drama (infelizmente) sempre actual – o desemprego.

Continuar a ler

Apanha-me Esse Gringo (2012)

Get the Gringo - Poster 1

 

Título original – Get the Gringo

Título UK – How I Spent My Summer Vacation

 

Mel Gibson passou por tempos muito maus.

Outrora uma das mais bankable stars de Hollywood, Gibson resolveu abandonar a interpretação (em 2002 com “Signs”, um dos seus maiores sucessos e uma das suas melhores interpretações) e dedicar-se à realização (“The Passion of the Christ” e “Apocalypto” – 2004 e 2006, respectivamente).

Fez um comeback em 2010 (com o intenso “Edge of Darkness”, onde nos brindou com outra das suas melhores interpretações) e manteve a excelente forma com o doloroso “The Beaver” (2011, de e com Jodie Foster; onde teve, talvez, a sua melhor interpretação).

Alguns desaires (tornados públicos) da sua vida privada levaram-no a um duro julgamento de algum público e da indústria (que confundem juízo sobre a privacidade com análise à área profissional) e a carreira de Gibson sofreu um revés nas bilheteiras (“Edge of Darkness” e “The Beaver” foram dois imensos, mas injustos, flops).

Este “Get the Gringo” trazia o Big Mel de volta ao género que lhe deu fama e glória – o cinema de acção, com laivos de comédia.

E, como seria de esperar, Mel está em grande.

Continuar a ler

Zombieland: Tiro Duplo (2019)

 

Título original – Zombieland: Double Tap

 

“Zombieland” (já aqui visto) surgiu em 2009 e revelou-se uma pérola do terrir no campo do zombie terror.

A culpa é de uma realização competente, um argumento inteligente na combinação de terror e humor, com a força máxima num extraordinário elenco em estado de graça na sua prestação e cumplicidade.

Perante o sucesso, eis (finalmente) a sequela.

Continuar a ler

A Melhor Casa de Prazer do Texas (1982)

The Best Little Whorehouse in Texas - Poster 1

 

Título original – The Best Little Whorehouse in Texas

 

Comédia musical à volta de um tema sempre “chato” – as casas de “meninas”.

Burt Reynolds & Dolly Parton exibem os seus dotes.

Continuar a ler

Juntos Para Sempre 2 (2019)

 

Título original – A Dog’s Journey

 

“A Dog`s Purpose” (2017, já aqui visto) era uma bonita história sobre a alma de um cão que reencarna em diversos cães, sempre com o objectivo de reencontrar o seu dono e ajudar todos os humanos com quem se cruza.

O filme derivava de um livro – ambos foram sucessos.

Eis a continuação (tal como aconteceu na literatura).

Continuar a ler

Os Mortos Não Morrem (2019)

 

Título original – The Dead Don’t Die

 

Jim Jarmusch é um dos bons nomes do cinema indie.

Ei-lo num registo inesperado – o terrir.

Continuar a ler