Madame De… (1953)

Madame De… - Poster 1

 

De Max Ophüls surge mais uma pérola de cinema romantique.

(o filme é de produção francesa)

 

Paris, final do Século XIX.

Louise é Condessa e casada com o General André.

Para conseguir pagar umas dívidas, ela vende um par de luxuosos brincos. Mas o joelheiro vende-os ao General, que os oferece à sua amante. Esta vende-os para pagar uma divida ao jogo e eles são comprados pelo Barão Donati, que os oferece a… Louise.

Este viajar dos brincos vai originar jogos de ciúme e paixão.

Madame De… - screenshot 1

Madame De… - screenshot 2

Madame De… - screenshot 3

“A Mulher, o Amor, o Casamento, a Mentira e os Brincos”.

Uma forma possível de “sumarizar” esta maravilha de Cinema.

Madame De… - screenshot 4

Madame De… - screenshot 5

x-default

O que conta mais para uma Mulher?

O Amor como jóia? Ou uma jóia como símbolo do Amor?

Madame De… - screenshot 7

Madame De… - screenshot 8

Max Ophüls tenta dar uma resposta, e “fá-lo” (de forma admirável) com um virtuoso exercício de estilo, elegância, charme, sentimento e rigor de escrita, interpretação e componente visual (fotografia, cenografia e guarda-roupa).

Ophüls sabe ilustrar sentimentos (o belíssimo “Letter from an Unknown Woman”, de 1948, do qual já aqui falei). Neste filme, Ophüls ilustra a ausência e a procura por sentimentos, mas também a ostentação deles.

Os dois brincos tornam-se personagens itinerantes e motores de sentimentos. De acessório decorador no meio de tanto sentimento, tornam-se o sentimento num meio onde o sentimento humano é visto como decoração

Ophüls “moraliza” mostrando o que é acessório na “decoração” do Amor.

Madame De… - screenshot 10

Madame De… - screenshot 11

Charles Boyer está magistralmente frio.

Vittorio De Sica está deliciosamente romântico.

Danielle Darrieux é toda uma fonte de carência e desejo afectivo.

Madame De… - screenshot 9

Absolutamente belíssimo.

Obra-prima total.

 

Obrigatório.

 

“Madame De…” encontra-se editado em Portugal.

Madame De… - screenshot 12

Realizador: Max Ophüls

Argumentistas: Marcel Achard, Max Ophüls, Annette Wademant, a partir do romance de Louise de Vilmorin

Elenco: Danielle Darrieux, Charles Boyer, Vittorio De Sica, Jean Debucourt, Jean Galland, Mireille Perrey

 

Clips

http://www.tcm.com/mediaroom/video/263740/Earrings-of-Madame-De-The-Movie-Clip-Opening-Prologue.html

 

 

Madame De… - Poster 2

Nomeado para “Melhor Guarda-Roupa – P&B”, mas perdeu para “Sabrina” (a roupa foi criada pela grandiosa, fabulosa, glamorosa e infalível Edith Head).

Madame De… - Promo Photo 1

Baseado numa obra de Louise de Vilmorin, esposa de Antoine de Saint-Exupéry e companheira de Andre Malraux. Ophüls modificou o final face ao livro.

 

Ophüls pôs como condição a presença de Danielle Darrieux (com quem já tinha trabalhado em “La Ronde” em 1950, e “Le Plaisir” em 1952), pois a personagem foi escrita a pensar nela.

Vittorio De Sica era um grande fã de Ophüls e chegou e pedir ao realizador um papel em “Le Plaisir” (1952, com Jean Gabin, Danielle Darrieux e Simone Simon). Ophüls recusou (o papel foi para Gabin), mas fez a promessa que o chamaria para outro filme e personagem merecedor. Assim foi -o Barão Donati foi escrito a pensar em De Sica.

 

Jean-Pierre Melville visitou frequentemente o set e há rumores que o indicam como o realizador das cenas de baile.

Sabe-se de discussões entre Charles Boyer e Ophüls. O tema era à volta dos motivos do General. Ophüls argumentou que eles eram os que estavam definidos no guião. Boyer nunca mais discutiu e decidiu interpretar o personagem de uma forma omnipotente.

 

Foi feito um final mais longo, onde se viam os brincos a saltar para novas mãos, futura esposa do General. Mas Ophüls achou que tal enfraquecia a narrativa e o filme, tendo-o retirado da montagem final.

 

O filme foi mal recebido na época e só recebeu a devida apreciação, no final dos 70s, em Inglaterra e depois em França.

 

Paul Thomas Anderson sobre Max Ophüls:

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s