Trailer – The Nun

The Nun - Poster 1

 

A saga “The Conjuring” é uma das mais assustadoras da actualidade (e de sempre) – “The Conjuring 3” já anda planeado.

E tem sido das mais lucrativas.

A ajudar está o facto de ser responsável por spin-offs.

“Annabelle” foi um (e até teve sequela).

“The Nun” é outro.

Continuar a ler

Anúncios

Trailer – Alpha

Alpha - Poster 2

 

Um conto sobre homens e animais, em tempos de Pré-História.

Continuar a ler

Trailer – The Grinch

The Grinch - Poster 2

 

The Grinch foi criado por Dr. Seuss, um dos mais importantes escritores de literatura infantil (a par com Roald Dahl).

Tornou-se um personagem querido dos leitores e de crianças, ao longo de gerações.

Já andou pela animação. O cinema criou uma divertida versão em imagem real (“How the Grinch Stole Christmas”, em 2000, que permitiu a Jim Carrey uma das suas performances mais hilariantes e caracterizadas da sua carreira).

The Grinch está de volta. Agora à animação.

Continuar a ler

Trailer – The Girl in the Spider’s Web

The Girl in the Spider's Web - Poster 1
A saga “Millennium” é um fenómeno.

Começou na literatura (a trilogia de Stieg Larsson é um sucesso mundial – Portugal não é excepção). Revelava também uma das mais bizarras, surpreendentes, complexas e fascinantes personagens da literatura – Lisbeth Salander.

O Cinema não lhe ficou indiferente.

A Suécia adaptou a trilogia em 2009 (primeiro para Televisão, depois editando os episódios para serem exibidos nas salas de cinema), com sucesso local e mundial. Com ela revelou-se uma das actrizes mais interessantes da actualidade – Noomi Rapace, que tem aqui um trabalho absolutamente fabuloso, pelo qual já tem o seu nome na História do Cinema.

Hollywood tinha de fazer remake e ele surgiu em 2011. David Fincher regressava ao psycho thriller e Rooney Mara teve um trabalho incrível, perfeitamente ao nível de Noomi.

Há muito que se falava em sequela, ou melhor, que Hollywood ia adaptar a trilogia. O trio de filmes não aconteceu.

O quarto romance da saga foi começado por Larsson, mas (devido ao seu súbito falecimento) foi concluído por outros escritores (o romance já está à venda em Portugal).

Hollywood ataca então este romance que funciona como sequela ao filme de 2011.

Continuar a ler

Trailer – Mortal Engines

Mortal Engines - Poster 1

Peter Jackson está sempre activo.

Mesmo que não realize, ele escreve e produz para outros.

Eis um caso. Continuar a ler

Trailer – Dumbo

Dumbo - 2019 - Poster 1

 

Dumbo é um dos personagens maiores do coração do público (de várias gerações), da Disney, da Animação e do Cinema.

Surgiu em 1941 (curiosa, injusta e estupidamente chegou a ser algo ignorado pelo estúdio, que não via nele grande potencial – o filme até dura pouco mais de 1 hora), mas logo se tornou um sucesso, um clássico e tocou nos corações de milhões, sendo até o favorito de Walt Disney (que, inicialmente, não queria fazer o filme).

Desde há uns anos que a Disney se lembrou de refazer os seus clássicos de animação, mas em formato de imagem real.

Dumbo não foge à moda.

Para levar tal (ambiciosa e arriscada) façanha, um Mestre de Cinema – Tim Burton (um ex da casa e que começou esta moda com “Alice in Wonderland”).

Continuar a ler

Trailer – Halloween

Halloween - 2018 - Poster 1

 

“John Carpenter`s ´Halloween`” chega em 1978 (está portanto a celebrar uns jovens 40 anos), é um (enorme) sucesso (com um orçamento de 300.000 Dólares, arrecadou 70 milhões de Dólares – na época, era o maior sucesso de sempre, em termos proporcionais), provoca imensos sustos (há quem o iguale a “Alfred Hitchcock`s ´Psycho`” como o maior filme de terror de sempre), é rapidamente um clássico e um culto, consagrando John Carpenter como um cineasta de talento.

Teve direito a sete sequelas – duas com o apoio de Carpenter (“Halloween II” e “Halloween III: Season of the Witch”), uma onde se prometia o fim (“Halloween H20”) e uma onde se dá um novo começo (“Halloween: Resurrection”).

Claro que teve direito a Remake (numa época onde era moda refazer clássicos do The Master) – Rob Zombie deu a sua visão única e aberrante sobre o tema, tendo incomodado os fãs e até Carpenter. O remake teria sequela.

Há muito que se fala num novo filme, no sentido de fazer continuidade ao clássico de Carpenter, mantendo tom e estilo.

Aqui vem ele.

Com bons elementos.

Continuar a ler