Superman – Rádio, Serials, Televisão e Animação.

Superman - 1

Para além do Cinema, o Homem da Capa Vermelha também andou pela televisão e até pela rádio.

Aqui ficam algumas das mais importantes passagens:

“Superman” (1940-1951)

Superman - Radio Show

Foi através de uma série radiofónica que Superman começou a ganhar outra vida fora da bd.

Bud Collyer dava voz ao herói (e a Clark Kent) e Joan Alexander era Lois Lane.

O tom de voz e os efeitos de som ajudavam à imaginação do ouvinte.

De lá veio a famosa frase: “Look, Up in the Sky. It´s a Bird. It´s a Plane. Its`s Superman.”.

Sobre o rádio showhttp://www.myoldradio.com/old-radio-shows/superman

Eis um episódio (o primeiro) –

Eis a primeira aparição (audição, diga-se) do herói –

“Superman” (1941-1943)

Superman - Max Fleischer animation

17 episódios, com cerca de 9 minutos de duração, em Technicolor, produzidos pela Paramount, vindos dos estúdios do lendário Max Fleischer (criador da emblemática “Betty Boop” e dos cartoons de “Popeye”). Sabe-se que Fleischer e companhia recusaram o convite da Paramount, por acharem que seria impossível fazer algo ao nível da bd. Como tal, exigiram um orçamento dispendioso. Mas a Paramount estava de tal modo convicta que aceitou as exigências dos Famous Studios. Cada desenho animado era muito caro face aos padrões da época.

Divertidos, rápidos, despretensiosos, com uma animação simpática (excelente, mesmo, tendo em conta os meios da época) e onde podemos ver momentos épicos do herói – em luta contra um exército de robots, a parar um comboio, a travar um vulcão, em luta contra um gorila (com ares de King Kong), a travar um cometa, a travar um bombardeiro (um momento que é evocado em “Superman Returns” quando o herói para um avião) – e adequados à época – Superman combate os japoneses, os nazis, o crime organizado e espiões. A palete de cores é imensa, em plena sintonia com a bd, e o tom da luminosidade e do contraste já antecipa a estética do film noir. O facto de a animação já envolver cenas de massas e grandes momentos de destruição, tornaram a série inovadora dentro do género da animação.

De lá vieram as (também famosas) frases – “Faster than a speeding bullet. More powerful than a locomotive. Able to leap tall buildings in a single bound.” E “This is a job for Superman.”.

Foi nesta série que Superman voou pela primeira vez (na fase bd que decorria, Superman não voava e limitava-se a dar grandes saltos).

Todos os cartoons

“Superman” (1948) e “Atom Man vs. Superman” (1950)

Superman - 1948 - Poster 1

Superman - 1950 - Poster 1

Dois serials de 15 capítulos.

No primeiro, foca-se a sua origem e uma confrontação com Spider-Lady.

No segundo surge Lex Luthor como inimigo.

Divertidos e perfeitamente inseridos no espírito Série B da época e respeitosos face ao tom da bd.

Refira-se que quando Superman voava, Kirk Alyn saía de cena e o que se via era um cartoon. Original e engenhoso, de facto.

O episódio 1 do primeiro título –

Uns minutinhos do segundo título –

 

“Adventures of Superman” (1952-1958)

Superman - 1951 - Poster 1

Adventures of Superman - Poster 2

George Reeves vinha do sucesso alcançado pelo pequeno filme “Superman and The Mole-Men”.

Aventuras simples, em tom de B Movie, de puro entretenimento.

As duas primeiras temporadas foram a preto-e-branco. As seguintes foram a cores. Nos tempos de P&B, o fato era castanho onde seria vermelho, cinzento para o azul e branco para o amarelo.

Phyllis Coates deixou a série no final da primeira temporada. Noel Neill (a primeira Lois) substituiu-a.

“Melhor Série Televisiva Retro lançada em DVD”, pela Academia de Ciência de Ficção Científica, Fantasia e Terror USA 2007.

Trailer

“The Adventures of Super Pup” (1958)

Superpup - Poster 3

A série televisiva “Adventures of Superman” teve de ser cancelada devido à súbita (e misteriosa) morte de George Reeves (há teorias para suicídio, há teorias para assassinato – o muito interessante filme “Hollywoodland”, com Ben Affleck, Adrien Brody e Diane Lane, foca isso).

Como forma de manter o público, alguém se lembrou de fazer esta variante.

As vozes eram humanas. Os cenários eram os da série com Reeves.

Os personagens eram (simpáticos) cãezinhos (com crianças debaixo dos fatos).

Superpup é um cão com super-poderes (os mesmos de Superman) e também tem uma identidade secreta – um jornalista do Daily Planet, Bark Bent (os colegas são Pamela Poodle e Terry Bite).

O conceito ficou-se apenas pelo Pilot e este nunca foi exibido.

Divertido, inocente e infantil.

O episódio dura 20 minutos. Os primeiros 10 são a cores, os restantes 10 são a preto-e-branco.

O Pilot

Part 1

Parte 2

 

Superboy (1988–1992)

Superboy - Poster 1

Perante o flop de “Superman IV”, tentou-se revitalizar o herói com uma abordagem da sua vida adolescente.

Envolveu a produção dos Salkind (produtores de “Superman”, “Superman II”, “Superman III” e “Supergirl”).

Intro

 

“Lois & Clark: The New Adventures of Superman” (1993-1997)

Lois & Clark - Poster 3

“Superman” e “Superman II” investiam muito num tom de screwball comedy na relação entre Clark e Lois.

Esta série explora essa relação, mantendo esse tom.

Foi uma série muito divertida, que apostava na relação entre Lois e Clark e na forma como Superman se “intrometia”.

Excelente química entre Cain e Teri Hatcher (a destravada e encantadora Penny Parker de “MacGyver” e futura estrela de “Desperate Housewives”).

Bom trabalho a nível de efeitos visuais.

Ganhou o prémio “Melhor Série – Género – de Televisão” pela Academia de Ciência de Ficção Científica, Fantasia e Terror USA 1994.

Dean Cain confessor ter medo de voar.

Phyllis Coates, a primeira Lois Lane, interpreta a mãe de Lois.

A data de casamento entre Lois & Clark coincide com a data do mesmo evento, nos comics.

Site – http://www.warnervideo.com/loisandclarkdvd/

“Superman – The Animated Series“

Superman - The Animated Series - Poster 1

Por lá andaram gente ilustre como Paul Dini e Bruce Timm.

Excelente animação, adequada aos tempos, mas com grande sentido de filiação e homenagem aos toons de Max Fleischer.

A série – http://www.animeflavor.com/node/28385

 

“Smallville” (2001-2011)

Smallville - Poster 2

Esta série segue o percurso de Clark Kent, enquanto jovem, a sua relação com os pais Kent, a descoberta dos seus poderes e a forma como lidava com eles, o seu dia-a-dia na escola com os amigos e rivais que o rodeiam (entre eles um jovem Lex Luthor), os problemas que exigiam o seu heroísmo, a sua tentativa em ser “normal” e os desafios que a vida lhe dava.

Foi muito acarinhada pelos fãs do herói.

“Melhor Série Televisiva”, nos Prémios ASCAP 2002.

Contou com a participação de muitos actores associados a Superman no mundo televisivo e cinematográfico – Christopher Reeve (o Superman desde 1978 e nas três sequelas), Terence Stamp (o General Zod em “Superman” e “Superman II” é Jor-El), Annette O’Toole (a Lana Lang em “Superman III” é Martha Kent), Dean Cain (foi Superman em “Lois & Clark”), Helen Slater (a “Supergirl” é Lara, mãe de Superman), Marc McClure (o Jimmy Olsen dos quatro filmes com Reeve), Lynda Carter (a famosa Wonder Woman, grande aliada e amiga de Superman, na bd), Jeannot Szwarc (o realizador de “Supergirl” realizou 13 episódios), Margot Kidder (a Lois Lane dos filmes com Reeve), Teri Hatcher (a Lois em “Lois & Clark” é a mãe de Lois).

Site – http://www.e4.com/smallville/

Trailer

Superman and Seinfeld - Poster 1Em 2004, Jerry Seinfled e Superman  encontraram-se para alguns spots comerciais.

Eis um

Durante este tempo fizeram-se muitos filmes de animação, para serem exibidos na televisão ou para serem lançados (directamente) em DVD.

A Warner faria, através dos seus tresloucados Looney Tunes, alguns fabulosos spoofs.

Eis alguns:

“Super-Rabbit” (com Bugs Bunny)

“Snafuperman” (com o soldado Snafu)

Um momento de “Stupor Duck” (com Daffy Duck)

Superman - Look Up in the Sky - Poster 1

Em 2006, na consequência de “Superman Returns”, Bryan Singer (realizador do dito filme) produziu um (excelente) documentário sobre Superman. Narrado por Kevin Spacey (o Lex Luthor do filme de Singer), o documentário conta tudo o que há para saber sobre Superman – na bd, na rádio, na televisão, em animação e no cinema.

O documentário

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s