Ambulance (2005)

 

 

 

Título original – Ambulancen

 

Da Dinamarca surge este divertido conceito como actioner.

Despertou a curiosidade de Hollywood, que lhe fez um remake.

 

Dois irmãos fazem um assalto. Na fuga, roubam uma ambulância. Mas as coisas complicam-se devido aos passageiros.

Actioner simples na sua ideia, de ritmo imparável, com uma adequada carga dramática (os manos querem salvar a mãe, o dilema em salvar o paciente a bordo, a cumplicidade crescente da enfermeira).

Laurits Munch-Petersen começa com uma boa ideia de mise en scène (o plano contínuo e fixo que “mostra” o assalto, a chegada da ambulância e da Polícia), mostra saber filmar action acelerada, não cai em exageros e nunca perde a noção da relevância dos protagonistas na narrativa.

Elenco em boa prestação, sendo muito naturais.

Um actioner muito simpático e original, que mostra as capacidades entertainment do cinema nórdico.

 

“Ambulancen” não tem edição portuguesa. Existe noutros mercados, a bom preço.

Realizador: Laurits Munch-Petersen

Argumentistas: Laurits Munch-Petersen, Lars Andreas Pedersen

Elenco: Paw Henriksen, Thomas Bo Larsen, Helle Fagralid, Torbjørn Hummel

 

Trailer

 

“Melhor Filme”, no Nordisk Panorama 2005.

“Melhor Filme”, Revelation Perth International Film Festival 2006.

“Melhor Filme”, no Umeå International Film Festival 2005.

Filmado numa verdadeira ambulância. No dia anterior ao primeiro dia de filmagens, essa ambulância teve de tratar de uma urgência.

Mesmo assim, muitas das filmagens decorreram em estúdio, em frente a um green screen.

Mais de 450 planos precisaram do green screen e 100 planos precisaram de efeitos visuais.

A ambulância partiu dois kits de transmissão durante as filmagens.

 

Teve direito a um remake Hollywood, em 2022 (já aqui visto). Michael Bay realizou, com o protagonismo de Jake Gyllenhaal, Yahya Abdul-Mateen II e Eiza González.

Tendo em conta o curriculum de Bay, claro que o remake investe em acção destravada e espectacular.

 

One comment on “Ambulance (2005)

  1. […] (2005, já aqui visto) ganhou algum sucesso e […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s