White Heat (1949) – 70 Anos

 

Cody Jarrett é um implacável criminoso, mas preso ao cuidado da sua dedicada mãe. A sua última golpada irá decidir o seu destino.

 

Gangster Film que é um prodígio de acção, dureza, sentimento e definição de personagens.

Se o filme marca pontos pelo seu tom brutal, marca também pelo forte tom maternal e “edipiano”.

 

Cody Jarrett atinge o Top of the World – tanto para o Top Love da sua Ma como para o Top of Cinema.

Raoul Walsh assina aquela que pode ser vista como a sua obra-prima máxima, vincando bem o seu estilo de realização e Cinema.

James Cagney só é pequeno no tamanho. O seu talento é de gigante e ei-lo numa interpretação de génio e na sua mais emblemática.

 

É o Gangster Film na sua força máxima, com uma complexa dimensão psicológica (ninguém se admiraria se Freud fosse um dos argumentistas).

Ainda e sempre, A referência para os Gangster Films.

 

Clássico e obra-prima.

 

 

Trailer

 

 

Clips

 

 

 

“White Heat” no TCM

 

 

Filme

Part 1

Part 2

 

 

James Cagney em entrevista

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s