Ben-Hur (1959) – 60 Anos

 

Judah Ben-Hur, nobre príncipe judeu, é alvo de uma conspiração que o torna num escravo. Ben-Hur regressa para se vingar.

 

Épica odisseia dramática do calvário de um homem e da sua afirmação perante a adversidade, por onde passa alguma “ajuda divina”, ilustrando-se também um pouco da vida de Cristo.

A corrida no Circo Máximo continua a ser uma referência em matéria de action, stunts e set pieces.

 

Cinema em grande – na duração, nos nomes envolvidos, na narrativa, nos meios, no poder visual.

William Wyler no seu topo como realizador, Charlton Heston no seu máximo como actor.

 

Uma das consequências foi (igualmente) épica – 11 Oscars (um recorde, ainda não batido, ainda que igualado – “Titanic”).

 

Possivelmente, o Pai dos Épicos (Históricos, Bíblicos, etc.).

 

 

Trailers

 

 

Clips

 

 

O Score de Miklós Rózsa

 

 

Making of

 

Momentos das filmagens

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s