007 – Ao Serviço de Sua Majestade (1969)

 

 

Título original – On Her Majesty’s Secret Service

 

Começou por ser o mais mal-amado filme da saga “James Bond”.

O tempo transformou-o num dos mais bem-amados.

Porque será?

George Lazenby substitui Sean Connery.

(não, não é essa a razão – principal, pelo menos)

Continuar a ler

On Her Majesty’s Secret Service (1969) – 50 Anos

On Her Majesty`s Secret Service - Poster 2

 

James Bond procura o esconderijo de Ernst Stavro Blofeld e destruí-lo de uma vez por todas. A missão leva-o a cruzar-se com Teresa “Tracy” di Vicenzo, uma mulher jovem, rica, mimada, deprimida e suicida. Bond vai sentir um duelo entre o dever à pátria e o dever do coração.

 

Depois de um percurso ascendente em matéria de espectáculo, a saga faz um back to the basics (mais fidelidade à essência de 007 segundo Ian Fleming), criando um episódio mais realista, profundo, sentimental e psicológico sobre o herói (007 apaixona-se e casa), não isento de tragédia.

O entretenimento não é descurado, com notáveis set pieces, criando até um modelo de action que seria habitual na saga (a perseguição na neve).

 

George Lazenby (na única interpretação como James Bond) substitui Sean Connery. Sai mal na comparação, mas não se pode negar que transmite mais naturalidade, realismo humano e uma vulnerabilidade emocional nunca antes vista, sem desfalecer a virilidade heróica.

Diana Rigg é uma perfeita Bond-Girl, sendo mais mulher (bem definida enquanto tal) do que beldade a seduzir. É uma das melhores da saga.

Telly Savalas é um perfeito Blofeld, tão perverso como cínico. É um dos melhores vilões da saga.

 

É o “patinho feio” da saga (foi incompreendido e menosprezado na época, sendo hoje devidamente revalorizado como um dos melhores episódios) e oferece uma intimidade a 007 que só seria vista por duas vezes no futuro (Timothy Dalton em “License to Kill” e Daniel Craig em “Casino Royale”), continuando a ser uma referência.

(ahhh, e tem filmagens em Portugal – é na costa lusa que James Bond casa)

Continuar a ler