Jogo da Alta-Roda (2017)

Molly's Game - Poster 1

 

Título original – Molly’s Game

 

Jessica Chastain é uma das actrizes mais belas e talentosas da actualidade.

Aaron Sorkin é um dos grandes argumentistas do cinema actual.

Ei-los juntos, num filme a partir de uma história verídica, sobre uma incrível mulher.

Continuar a ler

Anúncios

O Mensageiro (1997)

The Postman - Poster 3

 

Título original – The Postman

 

Foi o grande bombo de festa nesse ano.

Filme, realizador e protagonista foram sitting ducks para muita gente da crítica e do público.

Dois anos depois do “encharcado” “Waterworld”, Kevin Costner volta à sci-fi apocalíptica, agora em ambientes mais secos e até mesmo patrióticos.

Continuar a ler

Criminoso (2016)

Criminal - Poster 8
Título original – Criminal

 

Bom elenco, num action thriller de carácter científico e “moral” sobre a consciência e a sua transferência.

Continuar a ler

Trailer – Criminal

Criminal - Poster 1
Kevin Costner parece estar a ter uma nova vitalidade na sua carreira.

Depois de ter sido pai sentimental de Superman (em “Man of Steel”) e pai heróico de Hailee Steinfeld (em “3 Days to Kill”, onde Kevin mostrou boa destreza como action hero), ei-lo de volta.

E mais uma vez, como action hero bem mortífero.

Continuar a ler

Waterworld (1995)

Waterworld - Poster 6

 

Foi considerado como o “´Mad Max (2)` Aquático”.

Foi, na época, o filme mais caro de sempre.

Foi um verdadeiro caos nas filmagens.

“Prometia” meter muita água (mas não apenas aquela que era obrigada pelo argumento e vista no ecran).

E afinal…

Continuar a ler

Campo de Sonhos (1989)

Field of Dreams - Poster 1

 

Título Original – Field of Dreams

 

Kevin Costner tornou-se uma movie star no final dos 80s.

Nele se procurou e encontrou uma filiação com actores de índole clássica – Gary Cooper, James Stewart e Henry Fonda, foram nomes citados.

Eis um (belíssimo) filme que ilustra essa vertente clássica de Costner.

Continuar a ler

3 Days To Kill – 3 Dias Para Matar (2014)

3 Dias Para Matar - Poster 2

Kevin Costner foi uma grande estrela do final dos 80`s até meio dos 90`s.

Herdeiro de um modelo clássico do All American Guy (na linha de James Stewart, Henry Fonda e Gary Cooper – com quem foi comparado), Costner manteve-se fiel a um estilo de interpretação e cinema em sintonia com os clássicos.

Por diversas razões (quanto mais não seja porque em Hollywood a moda passa de… moda, o que faz que o estrelato nunca seja eterno) Costner começou a ser posto de lado e até hostilizado (a forma, injusta, como ele foi “bombo de festa” com o seu excelente trabalho – como actor e realizador – no belo “The Postman” – recomendo a (re)descoberta).

Felizmente, Costner está a receber um novo fôlego na sua carreira, com títulos de maior visibilidade – “Man of Steel” e recentemente com “Jack Ryan: Shadow Recruit”.

Neste novo filme, Costner submete-se (e muito bem) ao Action Touch de Luc Besson (um grande senhor, que tem o dom de conseguir criar grandes action heros e heroins, nos actores mais inesperados).

Continuar a ler