O Último Nível (2021)

 

Título original – Boss Level

 

Um curioso actioner sobre time loops.

 

Um homem vê-se preso no mesmo dia.

Muitos são os desafios, mas todos terminam sempre no mesmo – a sua morte.

Como sair deste loop?

O tema da pessoa apanhada num time loop permite muita coisa.

“Groundhog Day” (1993) é, talvez, o mais célebre e bem conseguido.

Neste “Boss Level” a coisa move-se pelo campo do actioner.

E é tão louca a sucessão de eventos que atinge o protagonista, que tudo é tratado como um videogame.

E a coisa corre bem quando por essa área.

Mas depois surge um par de sub-intrigas (uma sentimental e outra conspirativa) que atrasam o ritmo e as peripécias.

Não falha totalmente, mas não resulta totalmente.

Contudo, elogia-se a tentativa de fazer um actioner diferente.

Joe Carnahan, outrora uma boa promessa no campo do actioner (“The A-Team”, “The Grey”), mostra que não esqueceu o seu jeito quando o filme está de prego a fundo na action, mas não consegue dar o mesmo ritmo e motivação nos momentos parados.

Elenco com bom nomes, mas muitos em registo de “cameo”.

Frank Grillo parece estar a fazer um (bom) tirocínio para que o sistema o aceite como um próximo action hero movie star.

Uma simpática combinação de sci-fi, comédia e acção com toques de videogame.

 

Vê-se muitíssimo bem.

 

Curiosamente, “Boss Level” anda nas nossas salas. Mas já há muito que se move no mercado de streaming e video-on-demand noutros países.

Realizador: Joe Carnahan

Argumentistas: Chris Borey, Eddie Borey, Joe Carnahan

Elenco: Frank Grillo, Mel Gibson, Naomi Watts, Annabelle Wallis, Michelle Yeoh, Ken Jeong, Quinton ‘Rampage’ Jackson

 

Trailer

 

Orçamento – 45 milhões de Dólares

Bilheteira – 1 milhão de Dólares (mundial)

 

É um projecto antigo de Joe Carnahan. Tinha o título de “Continue” e data de 2010. Carnahan queria Frank Grillo como protagonista, mas mas 20th Century Fox (que seria o estúdio produtor) não queria tal.

 

Reencontro de Joe Carnahan com Frank Grillo (depois de “The Grey”, em 2011) e Quinton ‘Rampage’ Jackson (depois de “The A-Team”, em 2010).

Reencontro entre Frank Grillo e Mel Gibson, depois de “Edge of Darkness” (2010).

O filho de Frank Grillo, Rio Grillo interpreta o filho do protagonista.

 

Cameo de Joe Carnahan – um dos clientes no bar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s