Jack, o Caçador de Gigantes (2013)

 

Título original – Jack, The Giant Slayer

 

É um conto clássico a receber upgrade de Hollywood, com alta tecnologia nos F/X.
Bryan Singer (que é perito no seu uso) realiza, mostrando que sabe mais do que gerir as aventuras do X-Men.

 

Há um conflito antigo entre gigantes e humanos.
Jack, um modesto jovem, vê-se envolvido numa grande aventura que pode repor a paz no reino e conquistar o coração de uma bela princesa.

Fantasia épica clássica a ilustrar um conto clássico, apoiada em excelentes valores de produção, oferecendo um óptimo nível de espectáculo, onde muito conta o pasmo causado no espectador perante a noção e dimensão de escala.

Nesse aspecto, o filme atinge o nunca visto no género e em Cinema.

Como boa fantasia, temos reinos encantados e harmoniosos, um jovem herói com vontade, vilões muito maus (e sujos, e feios, e grandes), peripécias incríveis e, claro, uma linda princesa a ter de ser salva (mas ela sabe dar luta – sinal dos tempos, pois claro).

Sim, a fórmula e arquétipos do costume, mas tratados com profissionalismo, competência e sentido de espetáculo e entretenimento.

Há bons nomes no elenco, todo ele em prestação simpática.
Eleanor Tomlinson é um miminho.
Ewan McGregor é sempre simpático e capaz.
Pedia-se como protagonista alguém com mais carisma e presença.
(percebe-se que é o realizador a querer “empurrar” o actor, com quem já trabalhou num par de ocasiões, para um estrelato algo difícil de alcançar)

Os (bons) secundários dão segurança.

Excelente fotografia e cenografia.

Os efeitos visuais são a estrela do filme, tendo um tal nível de detalhe, realismo e sensação de escala, que nos deixam sempre atónitos.

Bryan Singer dirige com competência e bom gosto, sabendo fazer muito bom uso dos meios ao seu dispor, procurando o melhor em matéria de espectáculo.
E consegue.

Grande entretenimento, para usufruir em família.

 

Muito recomendável.

 

“Jack, The Giant Slayer” está editado no nosso mercado e anda a bom preço.

Realizador: Bryan Singer

Argumentistas: Darren Lemke, Christopher McQuarrie, Dan Studney, David Dobkin

Elenco: Nicholas Hoult, Eleanor Tomlinson, Ewan McGregor, Stanley Tucci, Eddie Marsan, Ewen Bremner, Ian McShane

 

Site – http://www.warnerbros.com/jack-giant-slayer

 

Orçamento – 195 milhões de Dólares

Bilheteira – 65 milhões de Dólares (USA); 197 (mundial)

 

“Melhor Música”, nos Prémios BMI Film & TV 2013.

Nomeado para “Melhor Filme – Fantasia”, nos Saturn 2014. Perdeu para “Her”.

O projecto já data de 2005. D.J. Caruso ia ser o realizador.

Quando Bryan Singer foi escolhido como realizador, ele pediu que o seu colaborador habitual Christopher McQuarrie fizesse alterações no argumento.

 

Alex Pettyfer, Aaron Johnson e Aneurin Barnard foram considerados como Jack. Nicholas Hoult foi o eleito.

Adelaide Kane, Lily Collins e Juno Temple foram consideradas para Isabele.Eleanor Tomlinson foi a eleita.

 

Nicholas Hoult e Bryan Singer já se conhecem – trabalharam em “X-Men: First Class” (2011, produzido por Singer), “X-Men: Days of Future Past” (2014, de Singer) e “X-Men: Apocalypse” (2016, de Singer).

Como sempre no filmes de Bryan Singer, a música e montagem são de John Ottman.

Eleanor Tomlinson inspirou-se em Sigourney Weaver na sua interpretação em “Aliens”(1986).

 

Mais de 2000 peças de roupa foram criadas.

O filme recorre à performance capture para os gigantes.

Singer suavizou muitos dos efeitos visuais para manter o filme apto para crianças.

 

Cameos:

Ian McKellen – uma das vozes dos contadores, no final.

Warwick Davis – um dos artistas na feira.

 

Um primeiro título era “Jack the Giant Killer”. O estúdio depois decidiu mudar para”Jack the Giant Slayer”.

A estreia teve de ser adiada 9 meses, por causa dos complexos efeitos visuais.

Tornou-se num dos mais caros filmes de sempre, mas também num dos maiores flops de sempre. A carreira de Bryan Singer ficou em risco, daí ele ter regressado à saga “X-Men” como realizador (o que lhe valeu o regresso aos blockbusters de sucesso e a ter o seu nome mais bem visto no meio).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s