A Grande Aventura (1986)

 

Título original – Sky Pirates

Título alternativo – Dakota Harris

 

Dado o (gigantesco) sucesso (e influência) de “Raiders of the Lost Ark” (1981), não tardaram a surgir rip-offs.

Da Austrália (que já tinha feito “estragos” e influências uns anitos antes com “Mad Max” e “Mad Max 2”) surge esta diversão.

 

O Tenente Harris da Força Aérea mete-se numa grande aventura ao transportar um artefacto de origem extra-terrestre.

É que há muitos interessados no dito artefacto, mas com más intenções.

Tem elementos de rip-off a Indiana Jones (a indumentária do protagonista, a música, as peripécias, o título alternativo), tem algo dos filme-propaganda e serials B dos 30s/40s (o tom), tem algo de Howard Hawks (a dinâmica do par protagonista), até de Mad Max (as perseguições).

Mas parece mais um rip-off à (excelente) série televisiva “Tales of the Golden Monkey” (que também foi visto como um rip-off a Indy, mas que era uma homenagem a Hawks e ao seu belíssimo “Only Angels Have Wings”).

E até há uma componente sci-fi sobre viagens no Tempo e buracos espácio-temporais.

É divertido ver tanta influência, mas faltou uma maior organização de tanto ingrediente e uma melhor definição do tom e rumo do filme.

Sobram um par de boas stunts (o salvar do avião, a perseguição, o salvamento final) e toda a simpatia honesta do produto.

Muito capaz música de Brian May (o mesmo de “Mad Max”, outro personagem/saga alvo de rip-offs).

Realização meramente ilustrativa, com algumas bruscas transições, que prejudicam a coerência narrativa no sentido de dar ritmo.

Trabalho suficiente do elenco.

Elogia-se a caracterização visual de John Hargreaves (que até recorda mais Johnny Hazard – popular herói de bd nos 40s, também ele muito influenciado pelos Serials B).

Um divertido mix/rip-off de Indiana Jones e outros elementos.

 

Vê-se muitíssimo bem.

 

“Sky Pirates” não tem edição portuguesa. Existe noutros mercados, a bom preço.

Realizador: Colin Eggleston

Argumentistas: John D. Lamond, Rob Mowbray, Peter Herbert

Elenco: John Hargreaves, Meredith Phillips, Max Phipps, Bill Hunter, Simon Chilvers, Alex Scott

 

Trailer

 

Clip

 

Orçamento – 4.2 milhões de Dólares Australianos

 

Nalguns países recebeu o título de “Dakota Harris”.

 

O filme retira ideias de “Dirty Harry” (1971), “The Deer Hunter” (1978), “Mad Max” (1979), “Raiders of the Lost Ark” (1981), “The Philadelphia Experiment” (1984).

 

Reencontro entre John Hargreaves e Colin Eggleston, depois de “Long Weekend” (1978).

É o único filme de Meredith Phillips.

É o primeiro filme australiano a focar viagens no Tempo.

O filme usa emblemáticos aviões antigos – CAC Mustang, Douglas C-47 Skytrain, B-25 Mitchell.

O avião usado pode ser visto na zona de Kuranda, Queensland. Foi doado a uma família, para preservação. É hoje uma atracção turística.

É um de muitos filmes feitos no 80s, que faziam rip-off a Indiana Jones e a “Raiders of the Lost Ark” (1981) – “High Road to China” (1983), “King Solomon`s Mines” (1985), “Alan Quatermain and The Lost City of Gold” (1986), “Sky Pirates” (1986), “River of Death” (1989).

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s