John Le Carré (1931-2020) – RIP

 

Não é um Long Goodbye dentro do audiovisual, mas na (boa) Literatura.

Que teve (boa) influência em Cinema e Televisão.

Temos de nos despedir do grande John Le Carré.

 

David John Moore Cornwell nasce em Outubro de 1931, em Poole, Dorset, Inglaterra.

 

Forma-se em línguas modernas, por Oxford.

Torna-se agente da british intelligence em plena cold war, na Europa. Efectua algumas missões na Europa de Leste e cabe-lhe treinar e infiltrar agentes na zona.

A sua experiência, bem como os eventos que vive e assiste, levam-no a interessar-se pela escrita (seguindo assim o exemplo de alguns “rivais”, também eles tornados escritores depois de uma vida como secret agent – Graham Greene e Ian Fleming).

 

Le Carré, ao contrário de alguns dos seus “rivais”, não usa o mundos dos spies para tecer aventuras incríveis e plenas de acção, mas sim retratos do mundo actual, onde tece “reportagens”, ilustra visões, não se inibe de opiniões e reflexões, levando o leitor a tal também, sem deixar de o entreter.

Os seus espiões (principalmente George Smiley, o mais constante na obra do escritor) são homens com dúvidas, receios, fraquezas, crises e nem sempre heróicos ou perfeitamente bem sucedidos nas suas missões.

 

Perante o auge dos eventos da Guerra Fria e pelo sucesso dos spy thrillers (em Cinema, Televisão e Literatura), era óbvio que a obra de Le Carré iria ser alvo do interesse do audiovisual.

 

Para grande e pequeno ecran surgem muitos títulos, muitos relevantes no género, pela actualidade, pertinência e qualidade.

Muitas das adaptações trazem bons nomes (à frente e atrás das câmaras).

 

No Cinema surgem “The Spy Who Came In from the Cold” (1965, de Martin Ritt, com Richard Burton e Claire Bloom), “The Deadly Affair”  (1967, de Sidney Lumet, com James Mason,  Simone Signoret e Maximilian Schell), “The Little Drummer Girl” (1984, com Diane Keaton), “The Russia House” (1990, com Sean Connery, Michelle Pfeiffer, Roy Scheider e James Fox; filmado em Lisboa), “The Tailor of Panama” (2001, de John Boorman, com Pierce Brosnan, Geoffrey Rush e Jamie Lee Curtis), “The Constant Gardener” (2005, com Ralph Fiennes e Rachel Weisz), “Tinker Tailor Soldier Spy” (2011, com um fabuloso Gary Oldman à frente de um poderoso elenco – Mark Strong, John Hurt, Toby Jones, Ciarán Hinds, Colin Firth, Benedict Cumberbatch) e “A Most Wanted Man” (2014, com Philip Seymour Hoffman e Rachel McAdams).

 

Em Televisão temos mini-séries importantes como “Tinker Tailor Soldier Spy” (1979) e “Smiley’s People (1982), com Alec Guiness como George Smiley; continua com “A Perfect Spy” (1987), “A Murder of Quality” (1991, com Denholm Elliott como Smiley), e mais recentemente com “The Night Manager” (2016, com Hugh Laurie, Tom Hiddleston e Elizabeth Debicki) e “The Little Drummer Girl” (2018).

Está em preparação a mini-série que adapta “The Spy Who Came in from the Cold”.

Chegou a ser denunciado por Kim Philby. Philby manifestou o seu gosto pelos livros de Le Carré. Philby até chegou a convidar o escritor para um jantar no Kremlin. Le Carré recusou pois nunca se sentaria à mesa com um traidor.

Tinha George W. Bush como seu fã, apesar de Le Carré não ser grande fã de Bush.

Era forte opositor ao brexit.

Era amigo de Stanley Kubrick.

Graham Greene considerou “The Spy Who Came from the Cold” como o melhor spy thriller que já lera. É este elogio que motiva Le Carré a continuar na sua carreira como escritor.

John Le Carré viveu muitas das peripécias que contou nos seus romances.

Sabia ser autêntico, credível, realista, fazer análise e crítica sobre os eventos do mundo, mas  com capacidade de entreter o leitor.

As vendas, prémios e elogios falam por si.

John Le Carré elevou a arte literária o “vulgar” spy thriller.

E o audiovisual cinematográfico e televisivo muito lhe agradecem.

 

Muitos dos seus livros estão editados em Portugal.

 

So Long, John.

Fica uma obra riquíssima onde se mostra que o mundo dos espiões é composto por pessoas “normais” com muitos dos problemas dos outros “normais”.

Trailers de algumas das adaptações

 

The Spy Who Came In from the Cold

 

The Little Drummer Girl

 

The Russia House

 

The Tailor of Panama

 

The Constant Gardener

 

Tinker Tailor Soldier Spy

 

A Most Wanted Man

 

Tinker Tailor Soldier Spy (1979)

 

Smiley’s People

 

The Night Manager

 

The Little Drummer Girl (2018)

 

Evocação

 

Entrevistas

 

Sobre John Le Carré

https://johnlecarre.com

https://www.britannica.com/biography/John-le-Carre

https://www.goodreads.com/author/show/1411964.John_le_Carr_

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s