David Prowse (1935–2020) – RIP

 

Mais um Long Goodbye em Cinema.

Agora ao grande (ele era mesmo bem grande) David Prowse.

É ele que deu corpo ao maior e mais assustador vilão de sempre – Darth Vader.

 

David Charles Prowse nasce em Bristol, Inglaterra, em Julho de 1935.

Fraco aluno na escola, Dave interessa-se pelo culturismo.

Fica bem possante durante a sua juventude. Participa em provas, incluindo a famosa para o Mr. Universe.

Ganha um prémio importante na modalidade, na Inglaterra, e fica com boa reputação no meio.

Dave conhece ilustres bodybuilders como Arnold Schwarzenegger e Lou Ferrigno (ainda a caminho de serem movie stars).

Dave cativa a atenção de Hollywood e é chamado para “Casino Royale” (1967; interpreta o Monstro de Frankenstein).

Dave ganha o gosto pelo Cinema e decide investir em mais trabalhos na área.

Faz uma participação em “A Clockwork Orange” (1971, de Stanley Kubrick) e nalguns filmes da Hammer.

Em 1975, ganha fama na Televisão como Green Cross Code Man, um herói da prevenção rodoviária pelas crianças.

E em 1977 chegam as auditions para “Star Wars”. Dave vai a elas e George Lucas (o criador da saga) fica fascinado por Dave. George hesita em chamar Dave para Chewbacca ou Darth Vader.

Dave recusa Chewbacca (que é entregue a Peter Mayhew, ainda mais alto, com os seus 2,21 metros; Mayhew faleceu em Abril de 2019), preferindo Darth Vader (explicou a George que “o público recorda sempre o vilão”).

 

“Star Wars” chega às salas e é o galáctico sucesso que se conhece.

E Dave confirma a sua teoria – Darth Vader fica mesmo na memória.

Dave volta a ser Darth nos episódios seguintes.

Mas havia um MAS.

Dave dá corpo a Darth Vader, mas não a voz. Essa é dada por James Earl Jones (com iguais efeitos tenebrosos). Lucas não queria que o personagem tivesse o vincado sotaque britânico que Dave tinha.

 

Dave continuou como Green Cross Code Man, aparecia em trabalhos ao lado de Benny Hill e foi personal fitness trainer de muitas celebridades.

 

Continua a fazer aparições em filmes e séries, estando sempre activo como culturista e personal trainer.

 

Tinha cerca de 2 metros de altura.

Adorava motas e era dono de muitas.

Era dono do ginásio londrino “The Dave Prowse Fitness Centre”.

Treinou Christopher Reeve para “Superman” (1978).

Dave estava sempre a partir as varetas nos duelos de “Star Wars”. Nas cenas de luta passou a ser substituído pelo lendário instructor de esgrima Bob Anderson.

Apesar de ter ficado conhecido como Darth Vader, Dave tinha como personagem preferido Green Cross Code Man.

Em 2018, Darth Vader ficou como #1 nos “Greatest Movie Villains”, pela Empire.

É tornado membro da Ordem do Império Britânico em 2000.

David Dave Prowse não era um actor.

Mas deu corpo a um dos maiores personagens e vilões de sempre, numa saga de grande sucesso e cujo efeito e popularidade ainda perduram.

 

E tal (também) é suficiente para se assegurar um lugar na História do Cinema.

So Long, Dave.

Fica eterno o temor que provocas quando em cena como Darth Vader.

 

Evovações

 

Entrevistas

 

Como o Green Cross Code Man

 

Como Darth Vader

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s