Dead to Me (2019- )

 

Os dramas da vida e os cruzamentos entre pessoas, pelo prisma do humor.

 

Jen Harding perdeu o marido.

Judy Hale tem uma relação tumultuosa com o seu.

O acaso junta Jen e Judy. A amizade entre ambas vai revelar imensos segredos que as unem, com peripécias desconcertantes.

 

Criadora: Liz Feldman

Elenco: Christina Applegate, Linda Cardellini, Sam McCarthy, Luke Roessler, James Marsden, Max Jenkins, Diana Maria Riva

 

Site – https://www.netflix.com/nl/title/80219707

 

Trailers

 

História de amizade entre duas mulheres “mortas” pelas desgraças da vida.

História de redenção e perdão, devido à morte.

História de mistério e culpa, pela morte.

História credível e realista, à volta de pessoas doridas e sofridas, em busca de vida nas suas existências.

Com seriedade (profunda) e humor (frequentemente negro), uma história sobre o conforto da partilha de infortúnios, a descoberta do lado podre da aparente harmonia e felicidade, bem como o gerir a morte (involuntária ou voluntária) de entes queridos.

Elogia-se o facto de cada episódio terminar em súbita revelação, surpresa ou cliffhanger.

Excelente trabalho do elenco, com destaques para umas esplêndidas (e lindíssimas) Christina Applegate e Linda Cardellini, que transmitem bem toda a dolorosa emotividade das suas personagens.

Drama humano convicto, bem escrito, pleno de sensibilidade, inteligência e riqueza humana, em registo de soap opera, mas a saber brincar com os seus arquétipos.

Uma das mais inteligentes propostas do mercado audiovisual doméstico da actualidade.

 

Muito recomendável.

“Dead to Me” está disponível via NetFlix.

Terminou a sua Season 2.

A Season 3 está confirmada e será a última.

Christina Applegate esteve nomeada para “Melhor Actriz em Televisão – Comédia ou Musical”, nos Globos de Ouro 2020. Foi derrotada por Phoebe Waller-Bridge em “Fleabag”.

Christina Applegate esteve nomeada para “Melhor Actriz – Comédia”, nos Primetime Emmy 2019. Foi derrotada por Phoebe Waller-Bridge em “Fleabag”.

O “Pilot” venceu “Melhor Episódio – Comédia”, pelo Writers Guild of America 2020.

Christina Applegate teve de fazer terapia, pois a série fazia-a recordar certos drama da sua vida, muito parecidos com os vividos na ficção.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s