A Noite do Desespero (1990)

Desperate Hours - Poster 3

 

Título original – Desperate Hours

 

O clássico de William Wyler (já aqui visto) já tinha (bom) estatuto.

Mesmo assim, alguém se lembrou de um remake.

Michael Cimino assina. Dino De Laurentiis produz.

Um óptimo elenco protagoniza.

 

Um trio de criminosos em fuga encontra refúgio numa casa de família.

Seguem-se horas de desespero, conflito e tensão numa situação que parece não ter fim ou solução.

Desperate Hours - Screenshot 1

Desperate Hours - Screenshot 3

Desperate Hours - Screenshot 4

O argumento de Joseph Hayes é de tal modo bom, que não sofre alterações na sua estrutura.

Mudam é alguns detalhes narrativos.

Desperate Hours - Screenshot 5

Desperate Hours - Screenshot 6

Desperate Hours - Screenshot 7

O filme acaba por ser, tal como o original, sinal dos tempos.

A família é fragmentada (um “truque” que Martin Scorsese usaria para outro remake – o de “Cape Fear”, em 1991); o vilão é refinado, sedutor e bem-falante; há mais cenas de exterior; há mais acção, tiroteios, violência e sangue.

Desperate Hours - Screenshot 8

Desperate Hours - Screenshot 9

Mantém-se o bom suspense viciante, a sensação de temor e cerco, a procura incessante de uma solução para uma situação que parece não ter saída.

Desperate Hours - Screenshot 11

Desperate Hours - Screenshot 12

Tal como no filme original, também no remake se pode ver uma parábola social – o vilão acaba por ser um anjo vingador sobre uma sociedade governada por yuppies, o luxo material e o vazio emocional.

Desperate Hours - Screenshot 14

Desperate Hours - Screenshot 15

Boa fotografia (limpa, viva, nítida) e cenografia (a casa é imponente).

Desperate Hours - Screenshot 16

Desperate Hours - Screenshot 18

Michael Cimino dirige com competência, eficácia e elegância, sabendo dar ritmo sem ser atabalhoado, sabendo criar tensão sem cair em facilitismos.

É um dos seus trabalhos mais entretidos.

Desperate Hours - Screenshot 17

Muito boa prestação do elenco, com Mickey Rourke e Anthony Hopkins muitos intensos na sua fisicalidade.

Desperate Hours - Screenshot 19

Uma muito correcta modernização de um clássico. Nada de novo oferece (apenas variantes), mas mantém o (bom) valor de entretenimento.

 

Muito recomendável.

 

“Desperate Hours” tem edição portuguesa e anda a bom preço. Pode ser uma raridade nas lojas. Algumas edições europeias têm legendas em Português e andam a bom preço.

Desperate Hours - Screenshot 20

“Desperate Hours” tem os seus méritos, mas é um remake.

Vamos ver como se mede face a “The Desperate Hours”:

  • Ambos contam a mesma história, com pequenas variações de pormenor (ou seja, a mesma história pode ser contada com imensas variações – estado da família, localização da casa, raça e extracto social da família, nível de violência e acção, aspecto e dimensão da casa, atitude dos vilões, etc. – mas não é isso que a melhora). “Desperate Hours” muda alguns detalhes, mas isso não faz com que tenha melhor argumento.
  • “The Desperate Hours” e “Desperate Hours” têm garra na criação da tensão, mas o filme de Wyler é mais tenso e angustiante que o de Cimino.
  • “The Desperate Hours” e “Desperate Hours” contam com boa realização, mas a de Wyler é mais viva.
  • “The Desperate Hours” e “Desperate Hours” contam com óptimas interpretações, mas as do filme de Wyler são mais puras, naturais, emocionais e intensas.

 

Conclusão?

Vitória (sem dificuldade) de “The Desperate Hours”.

Mas “Desperate Hours” merece a visão, OK?

Desperate Hours - Screenshot 21

Realizador: Michael Cimino

Argumentistas: Lawrence Konner, Mark Rosenthal, Joseph Hayes, a partir da peça teatral e romance de Joseph Hayes

Elenco: Mickey Rourke, Anthony Hopkins, Mimi Rogers, Lindsay Crouse, Kelly Lynch, Elias Koteas, David Morse, Shawnee Smith, Danny Gerard

 

Trailer

 

Clips

 

Orçamento – 18 milhões de Dólares

Bilheteira – 2.7 milhões de Dólares

 

Desperate Hours - Screenshot 2

Mickey Rourke esteve nomeado (não exageremos!!!) para “Pior Actor”, nos Razzie 1991. Andrew Dice Clay foi preferido, por “The Adventures of Ford Fairlane”.

Desperate Hours - Screenshot 10

A história inspira-se num evento verídico ocorrido em Setembro de 1952. A família Hill foi tomada como refém durante 19 horas. Tudo se resolveu, de forma até algo tranquila.

Desperate Hours - Screenshot 13

A peça teatral de Joseph Hayes foi um enorme sucesso e ganhou um Tony para “Melhor Peça Teatral”. Estreou em Fevereiro de 1955 e esteve em cena durante 212 sessões. Voltaria aos palcos em Agosto de 1955. Paul Newman, George Grizzard e George Mathews eram os vilões; Karl Malden e Nancy Coleman eram o casal, com Pat Peardon e Malcolm Brodrick a interpretarem as crianças.

Desperate Hours - Backstage - Michael Cimino and Kelly Lynch

Christopher Cain (“The Principal”, “Young Guns”) era o realizador inicial, mas abandonou o projecto ainda em fase de pré-produção. William Friedkin foi chamado, mas preferiu fazer “The Guardian”. Mickey Rourke (então já escolhido como um dos protagonistas) sugeriu Michael Cimino, pois já tinham trabalhado juntos.

Reencontro entre Cimino e Rourke, depois de “Heaven`s Gate” (1980) e “Year of the Dragon” (1985).

Cimino volta a ter produção de Dino De Laurentiis, depois de “Year of the Dragon”.

 

As filmagens terminaram com 5 dias de atraso face ao previsto.

Ao que parece o cut de Michael Cimino foi adulterado pelos produtores (algo quer Cimino já tinha experimentado em “Heaven`s Gate” e “The Sicilian”).

É o último filme que Cimino viu estreado nas salas.

Desperate Hours - Poster 2

One comment on “A Noite do Desespero (1990)

  1. […] filme seria alvo de um remake em 1990 (já aqui visto). Com o título de “Desperate Hours”, foi realizado por Michael Cimino, com Mickey […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s