Taras Bulba (1962)

Taras Bulba - Poster 1

 

Dois lendários leading men em confronto sentimental e político.

 

Ucrânia, Século XVI.

Taras Bulba vive uma tranquila vida campestre, depois de muitos anos de aventuras na companhia dos Cossacos. O filho estuda na Polónia.

Mas os polacos procuram aumentar o seu poder junto dos ucranianos.

Taras vê-se obrigado a criar um exército de resistência.

Taras Bulba - screenshot 2

Taras Bulba - screenshot 1

Taras Bulba - screenshot 5

Na verdade, o filme dever-se-ia chamar “As Aventuras (Amorosas) do Filho de Taras Bulba”, dado que acaba por ser menos sobre Taras e mais sobre as peripécias em que o filho Andrei se mete por causa do seu coração (impetuoso).

Taras Bulba - screenshot 3

Taras Bulba - screenshot 4

O filme também poderia ser um grandioso épico sobre uma figura e um momento relevante da História, mas acaba por ser uma ilustração, ainda que correcta em termos de entretenimento, das aventuras de um jovem metido numa história de amor clássica, perdendo-se a possibilidade de fazer uma encenação sobre a vida de Taras e da sua vida combativa.

Taras Bulba - screenshot 6

Taras Bulba - screenshot 7

John Lee Thompson foi sempre um bom tarefeiro – as suas glórias máximas são mesmo o espectacular “Guns of Navarone” (ainda e sempre, o melhor war actioner) e o tenso “Cape Fear” (um excelente exemplar de psycho suspense thriller – mereceu um excelente remake feito por Martin Scorsese). Thompson foi sempre correcto, mas sempre sem grandes rasgos de originalidade (a excepção é mesmo composta pelos dois títulos referidos anteriormente). Aqui volta a dirigir com eficácia, mas derivada de um bom telefilme de luxo, evitando que o filme atingisse um poder cinematográfico de maior envergadura (algo que os personagens, ambientes e eventos mereciam).

Taras Bulba - screenshot 10

Taras Bulba - screenshot 8

Taras Bulba - screenshot 9

Yul Brynner e Tony Curtis estão bem, mas abaixo da qualidade que já nos tinham dado, limitando-se a gerir (bem) as respectivas screen personas.

Taras Bulba - screenshot 11

Taras Bulba - screenshot 12

Um agradável filme histórico de acção e aventura.

 

Vê-se bem.

 

“Taras Bulba” tem edição portuguesa, mas não a recomendo – vem limitada a 90 minutos, ficando assim com menos 30 minutos que a metragem original. E a falta de lógica na transição de algumas cenas é notória. Prefiram outras edições europeias (a bom preço) ou as versões borlix.

Taras Bulba - screenshot 13

Realizador: J. Lee Thompson

Argumentistas: Waldo Salt e Karl Tunberg, segundo novela de Nikolai Gogol

Elenco: Tony Curtis, Yul Brynner, Christine Kaufmann, Sam Wanamaker, Brad Dexter, Perry Lopez, George Macready

 

Trailer

 

Taras Bulba - Poster 6

Franz Waxman esteve nomeado na categoria de “Melhor Música”, nos Oscars 1963. Perdeu para Maurice Jarre por “Lawrence of Arabia”.

Taras Bulba - Poster 5

Quando o projecto estava em desenvolvimento, queria-se Burt Lancaster para protagonista, mas depois optou-se por Curtis.

Taras Bulba - lobbycards 1

Iria ser realizado por Robert Aldrich, que chegou a dizer “vou realizar `Taras Bulba` porque eu sou Taras Bulba”.

Taras Bulba - Backstage 1 - Tony Curtis, Christine Kaufmann, Yul Brynner

Tony Curtis tinha 37 anos na época e menos 5 que Yul Brynner. Contudo interpreta um estudante de escola e filho de Brynner.

Taras Bulba - Promo Photo 2 - Tony Curtis & Christine Kaufmann

Taras Bulba - Promo Photo 3 - Christine Kaufmann & Tony Curtis

Curtis conheceu Christine Kaufmann durante as filmagens, o amor aconteceu também na vida real e depois casaram (e Tony disse by-bye a Janet Leigh).

Taras Bulba - Poster 7

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s