Operação Fronteira (2019)

Triple Frontier - Poster 1

 

Título original – Triple Frontier

 

J.C. Chandor tem-se revelado um realizador interessante, capaz e versátil, autor de projectos sempre dignos de atenção (“Margin Call”, “All is Lost”, “A Most Violent Year”).

Ei-lo agora no actioner.

Com nomes muito interessantes no elenco e bem talentosos na equipa criativa.

 

Cinco ex-camaradas das forças especiais reúnem-se para uma missão arriscada na Colômbia, no sentido de matar um drug lord e sacar-lhe todo o seu dinheiro.

Mas a missão revela complicações que não se previam.

Triple Frontier - Screenshot 1

Sólido actioner à volta do tema clássico de combate ao narcotráfico, algo de heist movie, a missão militar arriscada e o duelo de lealdades.

Triple Frontier - Screenshot 2

O material não é novo, mas está bem contado, cativa a atenção e até reserva algumas surpresas.

Adequado final moral.

Triple Frontier - Screenshot 4

Boa prestação do elenco, em boa sintonia, traduzindo bem a união do grupo, a veterania militar de cada um e a experiência em conjunto.

Triple Frontier - Screenshot 3

J.C. Chandor dirige com eficácia, dando bom ritmo e tensão, criando boas cenas de acção, mais focadas na credibilidade e realismo no que no espectáculo de stunts e pirotecnia.

Triple Frontier - Screenshot 6

Um actioner muito credível.

 

Muito recomendável.

 

“Triple Frontier” está disponível pela Netflix.

Triple Frontier - Poster 6

Realizador: J.C. Chandor

Argumentistas: Mark Boal, J.C. Chandor

Elenco: Ben Affleck, Oscar Isaac, Charlie Hunnam, Garrett Hedlund, Pedro Pascal, Adria Arjona

 

Site – https://www.netflix.com/pt/title/80192187

 

Triple Frontier - Poster 2

O projecto já data de 2010.

O projecto começou com Mark Boal e Kathryn Bigelow, que assim se reuniriam depois de “The Hurt Locker” (2008, que foi “Melhor Filme”, fez Bigelow ser a primeira mulher a ganhar o Oscar para “Melhor Realizador(a)”, “Melhor Argumento”). Os dois reencontraram-se em “Zero Dark Thirty” (2012) e “Detroit” (2017).

Enquanto em projecto, vários foram os nomes pensados como dupla protagonista – Tom Hardy & Channing Tatum, Johnny Depp & Tom Hanks, Denzel Washington & Sean Penn, Leonardo DiCaprio & Will Smith, Mark Wahlberg. Uns recusaram por conflitos de agenda, outros saíram de cena devido aos constantes atrasos no avanço da produção.

O projecto só avança depois da Netflix tomar conta do mesmo.

Quando o projecto avançou, Bigelow preferiu fazer “Detroit”.

 

Bigelow e Boal ficam como executive producers.

É o reencontro entre Isaac e Chandor, depois de “A Most Violent Year”.

 

Filmado com uma ARRI Alexa 65. É a primeira vez que se usa tal câmara para uma resolução 6.5K em 2.11:1 aspect ratio.

As filmagens permitiram a Ben Affleck revisitar locais que conheceu em “Pearl Harbor” (2001).

 

O personagem de Pedro Pascal usa um boné que faz referência à empresa Standard Heating Oil. Esta era a empresa do personagem de Oscar Isaac em “A Most Violent Year”.

 

A dita Triple Frontier é a zona onde se cruzam Brasil, Peru e Colômbia.

Triple Frontier - Poster 5

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s