A Viúva Negra (1987)

Black Widow - 1987 - Poster 5

 

Título original – Black Widow

 

Excitante duo feminino num thriller sobre sedução, manipulação, fascínio e homicídio.

 

Uma agente federal investiga as mortes súbitas de vários milionários de meia-idade.

As pistas levam-na a uma misteriosa mulher, que acasala e mata.

Black Widow - 1987 - Screenshot 1

Black Widow - 1987 - Screenshot 2

Pegando num tema clássico do policial e do film noir (a femme fatale que seduz e mata, a investigação policial, o agente que investiga e fica fascinado pela criminosa), o filme faz um twist “feminista” muito inteligente.

Black Widow - 1987 - Screenshot 4

Black Widow - 1987 - Screenshot 5

Toda a trama assenta num duelo.

Duelo de astúcias – a certo momento, a assassina sabe quem é a agente e o que ela sabe, a agente sabe que a assassina sabe de tudo, gerando-se assim uma competição sobre qual vai ser mais astuta e conseguir fugir ou capturar.

Duelo de modus vivendi – assassina e agente estão presas ao seu modo de vida, nada mais querendo ou procurando.

Duelo de vidas – se a assassina parece feliz e com vida preenchida pela sua “profissão”, a agente tem uma vida vazia do ponto de vista emocional, procurando enriquecê-la com as suas capacidades profissionais.

Duelo de sexualidades – a assassina vive (intensamente) a sua, a agente tem a sua (bastante) reprimida.

Duelo de fascínios – a agente mostra-se (rapidamente) fascinada pela assassina, pelo seu poder e modo de vida; a assassina revela-se interessada em “ajudar” e “converter” a agente.

Black Widow - 1987 - Screenshot 10

Black Widow - 1987 - Screenshot 11

O filme consegue criar a devida envolvência pelo dito jogo de astúcias e sedução, fazendo-nos sempre acreditar num desfecho inesperado.

Black Widow - 1987 - Screenshot 12

Black Widow - 1987 - Screenshot 13

Black Widow - 1987 - Screenshot 17

O problema é mesmo o final, algo convencional e politicamente correcto, que impede algo mais ambicioso, mais perverso ou irónico face às protagonistas e ao jogo que encenam.

Black Widow - 1987 - Screenshot 18

Black Widow - 1987 - Screenshot 19

Black Widow - 1987 - Screenshot 20

Bob Rafelson dirige com eficácia, mas o filme pedia alguém mais estilizado e com capacidade de homenagem aos clássicos do género (Lawrence Kasdan seria bem vindo, tendo em conta o que ele conseguiu com o sedutor “Body Heat” – 1981, onde se revelou a escaldante Kathleen Turner; David Mamet também seria uma boa escolha – tendo em conta a sua excelente opera prima que é “House of Games”; já para não falar em Paul Verhoeven, tendo em conta o que ele sabe fazer com mulheres, sedução e estilo – “The Fourth Man”, “Basic Instinct”).

Black Widow - 1987 - Screenshot 15

Black Widow - 1987 - Screenshot 16

O conjunto de secundários é vistoso e cumpre, mas limitam-se quase todos (com excepção de Sami Frey, que tem presença em quase metade da metragem) a pequenas participações.

Black Widow - 1987 - Screenshot 7

Black Widow - 1987 - Screenshot 6

O charme (bem erótico) vem das suas protagonistas.

Duas actrizes de excelência, em grande momento de forma (e beleza).

Black Widow - 1987 - Screenshot 21

Black Widow - 1987 - Screenshot 22

Debra Winger dá convicção ao seu comportamento quase obsessivo na captura da sua presa, consegue uma sensualidade reprimida, revela o seu fascínio e descoberta de poder sedutor. É um dos seus melhores trabalhos.

Theresa Russell domina o filme e mete-o no bolso. É de uma sensualidade e poder erótico capaz de pôr a Terra em chamas. Por outro lado, consegue uma maquiavélica inocência (as suas lágrimas e lamentações quando sabe da morte dos maridos). Theresa mostra porque é umas das mais belas e sensuais mulheres do Cinema. É um dos seus melhores trabalhos (se calhar, até mesmo o melhor). É Theresa a seguir a regra de Hitchcock (“melhor o vilão, melhor o filme”) e a fazer com que o espectador também a deseje e anseie pela sua vitória.

Black Widow - 1987 - Screenshot 23

Black Widow - 1987 - Screenshot 25

Black Widow - 1987 - Screenshot 26

Black Widow - 1987 - Screenshot 27

A química entre ambas é enorme – tanto as sentimos como best of friends, como sentimos a tensão entre elas (sexual – alguns dos momentos a dois, onde ambas se revelam; criminal – a cena do mergulho, a troca de olhares no casamento; sentimental – a satisfação de Debra quando conquista o amante de Theresa, a ira de Theresa perante tal).

Black Widow - 1987 - Screenshot 28

Um sedutor thriller, que vive do poder excitante das suas protagonistas.

 

Muito recomendável.

 

“Black Widow” não tem edição portuguesa. Existe noutros mercados, a bom preço.

Black Widow - 1987 - Screenshot 29

Black Widow - 1987 - Screenshot 30

Black Widow - 1987 - Screenshot 31

Realizador: Bob Rafelson

Argumentista: Ronald Bass

Elenco: Debra Winger, Theresa Russell, Sami Frey, Dennis Hopper, Nicol Williamson, Terry O’Quinn, James Hong, Diane Ladd, D.W. Moffett, Leo Rossi

 

Trailers

 

Orçamento – 10.5 milhões de Dólares

Bilheteira – 25 milhões de Dólares

 

Black Widow - 1987 - Poster 3

Debra Winger teve oportunidade de escolher entre Alex (a agente) e Catherine (a assassina). Debra preferiu Alex, pois não conseguia perceber as motivações de Catherine.

Cher recusou a personagem de Catherine.

Black Widow - 1987 - Promo Photo - Theresa Russell & Debra Winger

Bob Rafelson regressava ao activo ao fim de 6 anos. O seu filme anterior também era um noir erótico – o remake de “The Postman Always Rings Twice” (1981, com Jack Nicholson e Jessica Lange).

Conrad L. Hall, o director of photography, regressava ao activo após 10 anos de ausência.

 

David Mamet, prestigiado argumentista e realizador, participa como actor – é o jogador de poker face a Debra.

Black Widow - 1987 - Promo Photo - Theresa Russell

Parece que havia um final alternativo, onde se sugeria que a personagem de Debra Winger iria seguir o mesmo modus vivendi da personagem de Theresa Russell.

Black Widow - 1987 - Poster 4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s