Crisis em Six Scenes (2016)

Crisis em Six Scenes - Poster 1

 

A Amazon fez um convite a Woody Allen – fazer uma mini-série.

Allen aceitou e eis o resultado.

 

Anos 60.

Tempos turbulentos entre USA e Cuba, novos ideais a surgirem.

Um casal de terceira idade “recebe” em casa uma jovem revolucionária.

Para além de ter de sustentar o enorme apetite da rapariga, o casal ainda tem de fazer uns “recados” a ela.

E não tardam a surgir confusões.

Crisis em Six Scenes - screenshot 1

Criador: Woody Allen

Elenco: Woody Allen, Miley Cyrus, Elaine May

 

Trailer

 

Crisis em Six Scenes - screenshot 2

Crisis em Six Scenes - screenshot 3

Crisis em Six Scenes - screenshot 4

A mentalidade 60`s, a paranóia anti-comunista, os ideais liberais, as crises matrimoniais na terceira idade, as relações e as dúvidas sentimentais, conspirações e mistérios.

 

Temas muito habituais em Allen, que ele já tratou por diversas vezes e de forma brilhante (“Annie Hall”, “Manhattan Murder Mystery”, “Husbands and Wives”) que aqui são alvo de um remix best of reciclado.

Crisis em Six Scenes - screenshot 5

Crisis em Six Scenes - screenshot 6

Sim, nada de novo (o seu filme anterior, “Café Society” padecia do mesmo problema), mas encontra-se sempre inteligência e bom gosto no tratamento das coisas.

Crisis em Six Scenes - screenshot 7

Sendo uma (mini-)serie televisiva, Allen pode-se dar ao luxo de alargar mais as cenas, os personagens e os eventos.

No fundo, é como se fosse um extended cut de um filme seu (em vez dos habituais 90 a 100 minutos, temos aqui cerca de 140).

Crisis em Six Scenes - screenshot 8

Crisis em Six Scenes - screenshot 9

Apesar do déjà vu, o projecto resulta no seu objectivo – entretenimento.

Há qualidade de escrita, referências culturais, sociais, políticas e intelectuais, humor, crítica, timing nas situações (veja-se o final, na casa, com muitos personagens a entrar em cena, todos com uma razão e algo a fazer/dizer), boas interpretações e, claro, a (sempre) excelente e bonita visualização da Big Apple (agora à 60s).

Destaque para a (divertidíssima) química entre Allen e Elaine May.

Crisis em Six Scenes - screenshot 11

É Allen rotineiro, mas sempre capaz de produzir algo com qualidade.

Saiu-se bem nesta sua estreia no mundo televisivo e espera-se que a iniciativa se repita.

 

Recomendável.

 

“Crisis in Six Scenes” terminou ao fim de 6 episódios.

Crisis em Six Scenes - screenshot 10

Reencontro entre Woody Allen e Elaine May, depois de “Small Time Crooks” (2000).

Crisis em Six Scenes - backstage - 2

No Festival de Cannes 2016, Woody Allen afirmava que ter aceite este projecto tinha sido um “erro catastrófico”. Allen considerou que ter feito esta mini-série foi mais difícil que fazer um filme, por causa das regras e timings do mercado televisivo.

Crisis em Six Scenes - backstage - 1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s