A Luz (1997)

The Shining - TV Series - Poster 4

 

Título original – (Stephen King`s) The Shining

 

Stephen King nunca se mostrou satisfeito com “The Shinning”.

Criticou a obsessão de Stanley Kubrick com o esmero visual, dando menos relevo à história (que King considera como muito básica face ao seu livro).

King também se mostrou hostil à interpretação de Jack Nicholson, que procurou mostrar mais as suas taras e manias e focar-se menos no drama de degradação psicológica do personagem.

King procurou sempre que se fizesse uma adaptação correcta do seu livro.

Ei-la.

Como mini-série televisiva.

 

Um homem é contratado para tomar conta de um hotel, durante a época baixa.

Ele muda-se com esposa e filho.

Mas o local parece ter um Mal dentro de si, que desperta os demónios do homem.

E tal pode ser mortífero – para ele e para os seus.

 

Realizador: Mick Garris

Argumentista: Stephen King, a partir do seu romance

Elenco: Rebecca De Mornay, Steven Weber, Courtland Mead, Wil Horneff, Melvin Van Peebles

 

Orçamento – 25 milhões de Dólares

 

Trailer

 

The Shining - TV Series - screenshot 13

Perante a mudança e a nova adaptação, há perda ou ganho de terror?

(afinal, estamos no Universo de Stephen King)

Nem ganho, nem perda. Esse elemento mantém-se.

Acrescentam-se é outros.

The Shining - TV Series - screenshot 1

O que se ganha é uma maior (pois segundo King tal não existia no filme de Kubrick – e isso é bem verdade) envolvência dramática na interacção emocional daquela família.

Seguindo o romance de King à risca (é o próprio escritor que assina o argumento da série), a história dá mais ênfase a Danny (o tal “Shinning” que dá título à obra, mostrando mais sobre as suas capacidades e as consequências das suas visões e dons). Por outro lado, mostra um Jack mais humano e emotivo, ilustrando toda a degradação psicológica, física e emocional do personagem.

The Shining - TV Series - screenshot 3

The Shining - TV Series - screenshot 6

Basicamente, “The Shinning” é um drama de suspense e terror psicológico, sobre a alienação, o isolamente, o medo e a demência, mostrando como tal afecta a harmonia familiar, mas ilustrando também a força da família contra o Mal.

The Shining - TV Series - screenshot 2

Bons momentos de inquietação (os distúrbios de Jack) e de calafrios (Danny no quarto e o que ele encontra na banheira).

 

Final de grande tensão.

The Shining - TV Series - screenshot 4

The Shining - TV Series - screenshot 7

Muito boa prestação do elenco.

Steven Webber chega a ser inquietante e traduz bem a evolução demencial do seu personagem, não deixando de ser comovente quando revela a sua fragilidade à esposa e filho.

Rebecca De Mornay caracteriza bem a força daquela mãe, dividida no amor que dedica ao marido e ao filho, procurando salvar ambos.

Courtland Mead é mesmo o vencedor, mostrando um Danny carente, perturbado, adorável e, por vezes, decidido.

The Shining - TV Series - screenshot 5

Mick Garris dirige com competência, fazendo bom uso do espaço e criando uma boa sensação de claustrofobia (física e psicológica), dando bom ritmo e criando boa atmosfera.

The Shining - TV Series - screenshot 8

O clássico literário de King recebe, finalmente, a adaptação que o romance exige e que o seu autor sempre desejou.

 

Muito recomendável.

 

“The Shinning” não tem edição portuguesa, mas pode ser encontrado noutros mercados, a bom preço.

The Shining - TV Series - screenshot 9

 

Balanço comparativo:

“The Shinning” (o filme) tem mais e melhores qualidades cinematográficas.

“The Shinning” (a mini-série) tem melhor argumento, é mais fiel ao livro de King, com grande qualidade nas interpretações.

 

Um é para Cinema, é um clássico e uma obra-prima.

Outro é para Televisão, com óptimos meios e resultados.

 

Ambos são altamente recomendáveis. A comparação é estimulante. Ambos são um must para os fãs do género e de Stephen King.

The Shining - TV Series - screenshot 10

 

“Melhor Caracterização”, nos Primetime Emmy 1997. Esteve nomeada para “Melhor Mini-Série”, mas perdeu para “Prime Suspect 5: Errors of Judgement”.

“Melhor Mini-Série”, “Melhor Actor” (Steven Weber), nos Saturn 1998.

“Melhor Mini-Série”, “Melhor Actor” (Steven Weber), “Melhor Actriz” (Rebecca De Mornay), “Melhor Actor Secundário” (Melvin Van Peebles), “Melhor Argumento”, “Melhor Montagem”, “Melhores Efeitos Visuais”, “Melhor Cenografia”, “Melhor Música”, nos Online Film & Television Association 1997.

The Shining - TV Series - screenshot 11

A inspiração surgiu a Stephen King quando ficou hospedado num hotel, com poucos funcionários e clientes, tendo ficado alojado num quarto que tinha a reputação de ser assombrado.

 

King nunca gostou da versão que Stanley Kubrick tinha feito. Procurou com esta nova versão ser mais fiel ao livro e ao drama do protagonista (nomeadamente com o álcool – algo que também afectou a vida de King).

 

Tim Daly era o actor pensado como protagonista. Mas estava indisponível. Daly recomendou Steven Weber, seu amigo.

The Shining - TV Series - screenshot 12

King foi o third unit director. Foi ele que cirou todas as fotografias vistas na cave.

 

A voz que o protagonista ouve no radio é a de Miguel Ferrer.

Numa cena, o nariz do protagonista começa a sangrar. Foi mesmo um azar do actor, que quis continuar com a cena.

 

Cameo de Sam Raimi (o homem do snowpiercer), Stephen King, Frank Darabont (o fantasma na sala) e Preston Sturges.

The Shining - TV Series - screenshot 14

Sites:

https://litreactor.com/columns/the-shining-book-vs-film-vs-mini-series

http://www.nytimes.com/2015/09/04/us/hotel-that-inspired-the-shining-builds-on-its-eerie-appeal.html?_r=0

 

Comparações entre Filme e Mini-Série:

 

Stephen King contra o filme de Stanley Kubrick:

 

Sobre Stephen King:

http://stephenking.com/

http://www.goodreads.com/author/show/3389.Stephen_King

http://www.biography.com/people/stephen-king-9365136

 

As adaptações cinematográficas da obra de King

http://io9.gizmodo.com/all-56-single-stephen-king-movies-and-tv-series-adaptat-1783887752

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s