Os Últimos Dias de Pompeia (1959)

Gli Ultimi Giorni di Pompei - Poster 5

 

Título original – Gli Ultimi Giorni di Pompei

 

Eis um dos títulos emblemáticos do Peplum.

E permite um início de carreira a Sergio Leone.

 

Pompeia.

Glaucus, um bravo centurião, regressa a casa. Mas descobre que o pai foi assassinado.

Motivado pela vingança, Glaucus descobre uma enorme conspiração que se move pela cidade, que envolve algumas das figuras nobres da cidade.

Entretanto, o monte Vesúvio anda em actividade e uma erupção vulcânica pode surgir a qualquer momento.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 1

Poderia ser um drama sobre a tragédia que vulcanizou a mítica cidade.

Mas o filme consegue ser um drama, um mistério conspirativo, uma história de amizade e lealdade, uma ilustração sobre a decadência nobre romana e, claro, uma história de amor.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 2

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 4

O Peplum ao seu melhor – low-cost nos decors e interpretações, cores vivas, sentido de entretenimento na sua modéstia e ingenuidade.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 3

Steve Reeves tem presença musculada (é vê-lo a lutar contra meia dúzia de mauzões e até um crocodilo), mas não tem sentido de emotividade na sua “interpretação”.

Como sempre no género, as meninas são muito esbeltas.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 5

Bons efeitos visuais na cena da destruição da cidade.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 6

Um bom momento do Peplum.

 

Vê-se muito bem.

 

“Gli Ultimi Giorni di Pompei” não tem edição portuguesa. Vende-se entre nós uma edição espanhola, com legendas em Português. O preço anda bom.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 7

Gli Ultimi Giorni di Pompei - screenshot 8

Realizadores: Mario Bonnard, Sergio Leone (sem crédito)

Argumentistas: Ennio De Concini, Luigi Emmanuele, Sergio Leone, Duccio Tessari, Sergio Corbucci, a partir do romance de Edward George Bulwer-Lytton

Elenco: Steve Reeves, Christine Kaufmann, Fernando Rey, Barbara Carroll, Anne-Marie Baumann, Mimmo Palmara, Guillermo Marín, Ángel Aranda

 

Orçamento – 2.5 milhões de Dólares

Bilheteira – 4.7 milhões de Dólares

 

Trailer

 

Filme

 

Gli Ultimi Giorni di Pompei - Poster 6

“Melhor Cenografia”, pelo Sindicado do Espectáculo, Espanha 1960.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - Poster 4

Gente ilustre na equipa técnica – Sergio Leone (futuro renovador do Western Spaghetti e de um relevante Peplum – “Il Colosso di Rodi”) é assistant director da second unit; Duccio Tessari (futuro relevante realizador de Western Spaghetti) é first assistant director; Sergio Corbucci (futuro realizador de um emblemático Western Spaghetti – “Django”) é assistant director na second unit.

 

Mario Bonnard adoeceu ao fim do primeiro dia de filmagem. Sergio Leone tomou conta de praticamente todas as filmagens.

Steve Reeves sofreu um acidente durante uma cena. Deslocou o ombro e isso afectou-lhe a carreira de bodybuilding que ele já tinha há muitos anos.

 

Muita da cast & crew seria convocada por Leone para “Il Colosso di Rodi” (1961)

 

O filme foi filmado em Espanha, numa zona carregada de planícies e com algumas áreas desertas. Reza a lenda que Sergio Corbucci e Duccio Tessari se inspiraram nisso para a criação do Western Spaghetti.

Filmado também nos estúdios da Cinecittà.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - Poster 1

O livro de Edward Bulwer-Lytton foi editado em 1834.

Este filme já era a oitava adaptação cinematográfica do romance.

Gli Ultimi Giorni di Pompei - Poster 3

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s