Logan (2017)

Logan - Poster 1

 

Wolverine é o mais popular dos mutantes dos X-Men.

Ganhou um comic próprio.

No Cinema, aconteceu o equivalente.

Participou na primeira trilogia dos mutantes, na nova trilogia sobre as origens do grupo e teve a sua trilogia.

Eis o último capítulo.

(os episódios anteriores já aqui foram vistos)

 

Futuro.

Os mutantes estão praticamente extintos.

Logan/Wolverine anda em fuga, na companhia do Professor X.

Mas a procura de sossego por parte de Logan não dura muito.

Ele cruza-se com uma jovem mutante, que é alvo do interesse de gente muito dúbia.

Logan vai meter-se na contenda, ainda que contrariado.

E vai encontrar o seu destino.

Logan - screenshot 1

Logan - screenshot 2

“Logan” é um superhero movie terminal.

Não estamos, portanto, perante o típico filme do género.

Tem um super-herói, sim, mas o filme é a jornada de um indivíduo à descoberta do seu derradeiro destino.

Logan - screenshot 4

Logan - screenshot 6

Misto de action thriller, western (muito se vê e fala de “Shane”) e sci-fi apocalíptica (podem-se ver ecos de “Mad Max: Beyond Thunderdome”), o capítulo final da saga de Wolverine torna-se no último rasgar das suas garras sobre si próprio e a sua essência.

Logan - screenshot 7

Logan - screenshot 8

Tal como nos grandes filmes de super-heróis (“Superman”, “Superman 2”, “Superman Returns”, “Batman”, “Batman Returns”, “Batman Begins”, “The Dark Knight, “The Hulk”, “Spider-Man”, “Spider-Man 2”, “The Amazing Spider-Man 2”), Logan revela-se um herói céptico, com dúvidas, vulnerável, emocional, com receios, debilitado, falível, mas capaz (como super-herói que é) de encontrar a força necessária para afirmar a sua essência heróica.

Logan - screenshot 9

Logan - screenshot 10

Sim, há drama, emoções, relações e afectos, sempre com os personagens e a sua psicologia a dominar a narrativa.

Mas isto é um superhero movie e, como tal, queremos acção.

Há alguma e boa, bem encenada, em moldes mais reais e brutais, procurando-se menos o espalhafato digital e pirotécnico.

Logan - screenshot 11

Excelente fotografia, que dá ao filme um ar de sujo, feio, desolador e apocalíptico.

 

James Mangold dirige com grande competência e eficácia, combinando diversos género, de uma forma muito real, credível, nada fantasista e centrado em pessoas.

Logan - screenshot 5

Logan - screenshot 12

Hugh Jackman tem em Wolverine uma segunda pele (é um dos mais perfeitos exercícios de casting de toda a História do Cinema) e continua perfeito. Aqui compõe um Wolverine mais velho, cansado, anti-herói, trágico e capaz de se reerguer. É o actor ao seu melhor.

Logan - screenshot 13

Logan - screenshot 14

Final de saga, com o melhor dos episódios (conseguindo a proeza de superar o segundo e excelente capítulo – “The Wolverine”) e um dos melhores superhero movies de sempre.

 

Muito recomendável.

 

“Logan” já está nas salas portuguesas.

 

Film Box Office

 

Realizador: James Mangold

Argumentistas: Michael Green, Scott Frank, James Mangold, David James Kelly, a partir de personagens criados por Roy Thomas, Len Wein, John Romita Sr., Herb Trimpe, Craig Kyle, Christopher Yost

Elenco: Hugh Jackman, Doris Morgado, Dafne Keen, Boyd Holbrook, Patrick Stewart, Stephen Merchant, Elizabeth Rodriguez, Richard E. Grant

 

Site – http://www.foxmovies.com/movies/logan

 

Orçamento – 97 milhões de Dólares

Bilheteira (até agora) – 152 milhões de Dólares (USA); 437 (mundial)

 

Logan - Poster 5

Hugh Jackman afirma que este é a sua última prestação como Wolverine. Interpretou-o por nove vezes, em nove filme – “X-Men”, “X-Men 2”, “X-Men – The Last Stand”, “X-Men: First Class” (apenas em cameo), “X-Men: Days of Future Past” e “X-Men: Apocalypse” (apenas em cameo). Jackman faz história por ser o actor que mais vezes interpretou um super-herói.

Jackman refere como justificação do abandono ao personagem pela sua idade (tem quase 50 anos), que o actor considera já como incompatível com o personagem.

“Sir” Patrick Stewart afirma que esta é a última vez que interpreta o Professor X.

 

O título vem do comic “Old Man Logan”, de Mark Millar.

O filme baseia-se em três comics – “Old Man Logan”, “Mutant Massacre” e “X-23”.

É o primeiro filme da saga onde o Professor X tem presença relevante. Nos outros dois filmes, o Professor tinha apenas cameos.

Passa-se 30 anos depois dos eventos vistos em “X-Men: Apocalypse”.

O argumento usa os eventos ocorridos em “X-Men: Days of Future Past”. Ou seja, tudo ocorre na nova timeline que Wolverine criou ao mudar os acontecimentos.

 

James Mangold regressa ao universo de Wolverine, depois de ter realizado o segundo filme da saga – “The Wolverine”.

Reencontro entre Mangold e Jackman, depois de “Kate & Leopold” e “The Wolverine”.

Logan - Poster 2

Mangold afirma que “Logan” tem influências de “Shane”, “The Cowboys”, “The Gauntlet”, “Little Miss Sunshine” e “The Wresler”.

Segundo Mangold, o filme tem um ar mais real, estando menos dependente de efeitos visuais digitais.

Ao contrário dos filmes anteriores da saga, “Logan” vai ter classificação R.

Filmado na Louisiana, New Mexico e Mississippi.

 

James Mangold revela alguns segredos de “Logan”

(a ler só por quem já viu o filme)

http://www.empireonline.com/movies/features/logan-11-revelations-director-james-mangold/

 

Wolverine

Sobre a Marvel:

http://marvel.com

 

Sobre Wolverine:

http://marvel.com/universe/Wolverine_%28James_Howlett%29

 

Logan - Poster 3

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s