O Grito do Mocho (1987)

Le Cri du Hibou - Poster 1

 

Título original – Le Cri du Hibou

 

Claude Chabrol de volta ao suspense do quotidiano.

De volta à literatura.

De volta a Patricia Highsmith.

 

Robert é arquitecto e vive uma vida algo monótona.

Os seus serões são passados a observar a lindíssima Juliette.

Mas esta tem um namorado ciumento, Patrick.

Robert e Juliette conhecem-se e dão-se bem. Mas Patrick não gosta da ideia.

Quando este desaparece e é dado como morto, as suspeitas caem em Robert.

Le Cri du Hibou - screenshot 2

Le Cri du Hibou - screenshot 3

Le Cri du Hibou - screenshot 4

Como quase sempre, eis Chabrol a combinar melodrama e suspense.

Drama na histoire d`amour entre duas pessoas solitárias e cépticas perante o amor.

Suspense numa trama clássica de falso culpado (ainda que com razões para cometer o crime).

Le Cri du Hibou - screenshot 6

A combinação até resulta, mas o olhar de Chabrol é mais sobre os comportamentos dos personagens secundários e as irracionalidades à volta do amor e do ciúme.

O filme ressente-se desse desvio de atenções sobre os protagonistas e do rápido despachar de uma personagem fulcral, que deixa um outro personagem à deriva, o que também acaba por afectar a narrativa.

A trama policial perde alguma dimensão e o drama romântico desaparece.

A “ajudar” está a resolução do mistério – algo ridícula, ainda que com uma certa ironia.

Le Cri du Hibou - screenshot 1

Le Cri du Hibou - screenshot 9

Christophe Malavoy sai-se bem como o indivíduo normal metido numa grande alhada (criminal e sentimental) fora do seu controlo.

Mathilda May domina, com uma postura e presença absolutamente encantadora e ternurenta, frágil e delicada, apaixonada e radiante.

 

Claude Chabrol dirige com a sua habitual sobriedade e elegância.

Le Cri du Hibou - screenshot 10

Não é um Chabrol vintage, mas cumpre.

 

Recomendável.

 

“Le Cri du Hibou” não tem edição portuguesa, mas pode ser encontrado noutros mercados, a bom preço.

 

Le Cri du Hibou - screenshot 8

 

Realizador: Claude Chabrol

Argumentistas: Claude Chabrol, Odile Barsk, a partir do livro de Patricia Highsmith

Elenco: Christophe Malavoy, Mathilda May, Jacques Penot, Jean-Pierre Kalfon, Virginie Thévenet

 

 

Clip

 

Mathilda May

“Actriz Mais Promissora” (Mathilda May), nos César 1988.

 

Sobre Patricia Highsmith

https://www.goodreads.com/author/show/7622.Patricia_Highsmith

http://www.publishersweekly.com/pw/by-topic/industry-news/tip-sheet/article/63724-10-best-patricia-highsmith-books.html

http://www.biography.com/people/patricia-highsmith-121715

http://chooseyourhighsmith.com

Le Cri du Hibou - screenshot 5

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s