As Aventuras de Jack Burton nas Garras do Mandarim (1986)

Big Trouble in Little China - Poster 4
Título Original – (John Carpenter`s) Big Trouble in Little China

 

É um dos cultos cultíssimos de John Carpenter.

Está a celebrar uns fresquíssimos 30 anos.

Foi um (enorme) flop na época.

Hoje é um clássico total e um cult movie absoluto.

(enfim, big troubles do Cinema…!!!)

 

Jack Burton é um descontraído camionista, com atitude sempre big mouth.

Jack está de visita a Chinatown, para ver o seu amigo Wang.

Mas o que poderia ser uma calma visita social, torna-se numa grande aventura.

A noiva de Wang é raptada.

Jack e Wang procuram-na e metem-se nas garras da magia chinesa.

Big Trouble in Little China - screenshot 2

Big Trouble in Little China - screenshot 6

Fusão perfeita de acção, aventura, comédia, fantasia e artes marciais, num filme que é um delírio de ritmo, cor, peripécias e visual.

Big Trouble in Little China - screenshot 7

Big Trouble in Little China - screenshot 9

John Carpenter diverte-se e diverte-nos à brava ao combinar magistralmente tanto género, mostrando a sua (imensa) versatilidade (e provando, assim, que não é apenas um horror director), criatividade, habilidade para o kung-fu movie (The Master mostra-se um mestre para estas coisas, perfeitamente aos nível dos mestres de Hong Kong), criando um exemplo (perfeito) do que é (também) o Cinema – diversão, espectáculo, escapismo, entretenimento e arte disso.

Fiel ao seu estilo, Carpenter organiza o seu filme como se fosse um Western.

Fiel às suas influências, há a presença do estilo de Howard Hawks – os diálogos rápidos e vivos, que tanto caracterizam os personagens como a dinâmica do grupo.

Como Carpenter tem fama no terror, The Master brinca com o espectador e mostra que sabe fazê-lo saltar na cadeira – as súbitas aparições das várias criaturas (mas não se procure aqui o efeito que ele cria com situações semelhantes em “Halloween”, “The Thing” ou “Prince of Darkness”, OK?).

No fim, e bem à maneira do cineasta, há o plano final – onde, afinal, em vez de tudo terminar, algo vai recomeçar.

Com tudo isto, Carpenter faz Grande Cinema. Very Big, mesmo.

Big Trouble in Little China - screenshot 15

Big Trouble in Little China - screenshot 17

Kurt Russell é absolutamente hilariante, numa composição perfeita, com atitude à John Wayne (as suas tiradas), mas sempre desastrado, trapalhão e incapaz, ainda que de boa vontade.

Todo o elenco entra em perfeita sintonia com o tom do filme.

Big Trouble in Little China - screenshot 12

1553955a

Excelência total nas áreas de fotografia, cenografia, guarda-roupa e efeitos visuais.

Magnífico score de Carpenter (na companhia de Alan Howarth – velho compincha do cineasta, nestas coisas).

Big Trouble in Little China - screenshot 14

Big Trouble in Little China - screenshot 16

Como embrulho de tudo isto, o filme consegue ser uma magnífica variação e inversão dos arquétipos do(s) género(s) – Jack, o protagonista, é trengo, lá dá uma ajudinha a salvar o dia, não conquista a menina, não tem pontaria, não sabe usar armas, sendo na verdade o sidekick; Wang, secundário, acaba por ser o (verdadeito) herói.

Big Trouble in Little China - screenshot 11

Big Trouble in Little China - screenshot 19

Um grande e verdadeiro hino, brincadeira e homenagem à fantasia, ao género quando Made in Hong Kong e um desfile de (Big) Cinema.

 

Culto cultíssimo absoluto.

Obra-prima total.

 

Um must – para os fãs do género, do Cinema de Carpenter e do Cinema.

 

Obrigatório.

 

Big Trouble in Little China - screenshot 18

 

“Big Trouble in Little China” não tem edição portuguesa. Pode ser encontrado noutros mercados a bom preço. Nos USA saíu recentemente uma nova edição (a comemorar os 30 anos), em Blu-Ray, plena de extras (muitos até novos – feitos de propósito para a celebração), impecavelmente restaurado.

 

Realizador: John Carpenter

Argumentistas: Gary Goldman, David Z. Weinstein, W.D. Richter

Elenco: Kurt Russell, Kim Cattrall, Dennis Dun, James Hong, Victor Wong, Kate Burton, Donald Li, Carter Wong, Peter Kwong, James Pax, Suzee Pai, Jeff Imada

 

Orçamento – 25 milhões de Dólares

Bilheteira – 11 milhões de Dólares (USA)

 

Big Trouble in Little China - Poster 5

 

Trailer

 

Big Trouble in Little China - Poster 6

Esteve nomeado para “Melhor Música”, nos Prémios Saturn 1987. Perdeu para “Little Shop of Horrors”.

 

A canção da banda sonora

Os Coup de Villes (John Carpenter, Nick Castle e Tommy Lee Wallace)

(yup, The Master sings and rocks)

 

Big Trouble in Little China - Poster 1

No início, o argumento passava-se nos tempos do Faroeste, sendo o filme um western cómico e fantasista. O estúdio achou que os dois géneros não funcionavem e pediram uma mudança para a actualidade.

 

Kurt Russell foi sempre a única escolha de John Carpenter. Mas o estúdio chegou a sugerir Jack Nicholson e Clint Eastwood. Russell só foi chamado depois desses dois se mostrarem indisponíveis.

Russell estava com receio de fazer o filme, pois tinha vindo de uma série de flops seguidos. Expressou tal a Carpenter, mas este não se preocupou – o cineasta queria era trabalhar com o actor (seria a quarta de cinco colaborações – “Elvis” (1979), “Escape from New York” (1981), “The Thing” (1982) e “Escape from L.A.” (1996) são os outros).

Big Trouble in Little China - Backstage 1 - Kurt Russell and John Carpenter

Russell recusou ser o protagonista de “Highlander” para participar no filme de Carpenter.

Russell foi alvo de um treino rigoroso para ganhar músculo.

Carpenter queria Jackie Chan para interpretar Wang. O produtor Lawrence Gordon manifestou-se contra (achava que Chan pronunciava mal o Inglês). Dennis Dun foi então chamado (Dun trabalharia novamente com Carpenter no seu filme seguinte, “Prince of Darkness”, em 1988).

Carpenter bateu-se pela escolha de Kim Cattrall. O estúdio queria uma cantora popular da época para a personagem.

O filme é o concretizar de um sonho de Carpenter, fã do Cinema de Hong Kong, do género de fantasia oriental e de filmes de artes marciais.

A pré-produção passou por muitas semanas de ensaios e treinos nas cenas que envolvem artes marciais.

Big Trouble in Little China - Backstage 10 - John Carpenter

Tommy Lee Wallace, amigo de Carpenter e membro da sua banda (os Coupe De Villes) era o Second UnitDdirector.

Carter Wong (Thunder) foi instructor de artes marciais da Polícia de Hong Kong.

As criaturas são da autoria do lendário Steve Johnson.

O Stunt Coordinator é o lendário Jeff Imada (um habituée de Carpenter).

Big Trouble in Little China - Backstage 2 - Kurt Russell and John Carpenter

Russell ficou com gripe durante as filmagens. Muito do suor que o actor mostra em cena deve-se a tal.

Cattrall e Suzee Pai têm olhos castanhos. No filme, usam lentes de contacto de cor verde, com look exótico.

Na cena em que Jack entra no bordel, Russell usa o mesmo casaco que usou em “Used Cars” (1980, de Robert Zemeckis).

Na cena do casamento, James Hong chegou a magoar Pai – é visível tal no rosto da actriz.

Quando um dos feiticeiros morre, um relâmpago forma um símbolo – traduzido é “Carpenter”.

Big Trouble in Little China - Backstage 6 - John Carpenter

A pós-produção ocupou quatro meses.

Lawrence Gordon, líder do estúdio produtor (a Twentith–Century Fox) fez alguma interferência no filme.

Richard Edlund, supervisor dos efeitos visuais, queixou-se do fraco orçamento para tal sector face ao teor do filme (apenas 2 milhões de Dólares).

A cena inicial foi exigida pelo estúdio, pois leva o espectador a acreditar no enorme heroísmo de Jack Burton.

Carpenter considera que Jack Burton é o sidekick do filme, sendo Wang o herói. Carpenter sempre quis brincar com os arquétipos do género. Os executivos do estúdio não perceberam tal ao ver o primeiro cut do filme e perguntaram ao cineasta porque é que Jack, sendo o protagonista, raramente saía vencedor das situações em que se metia.

Carpenter também quis inverter os cichés na música – em vez de usar típica música chinesa, Carpenter decidiu combinar sintetizadores com rock `n` roll, criando aqui e ali alguma tonalidade oriental.

Big Trouble in Little China - Backstage 3 - Kim Catrall, Kurt Russell and Suzee Pai

Os primeiros test screenings foram bem sucedidos. Todos acreditavam num enorme sucesso nas bilheteiras.

Acredita-se que o flop do filme se deve à fraca promoção que o estúdio deu ao filme.

Na época, “Big Trouble in Little China” enfrentou a concorrência de “The Golden Child”, uma simpática comédia com Eddie Murphy, que lidava com um tema semelhante. O filme de Carpenter estreou no Verão 1986 e foi um flop, o filme de Murphy estreou no Natal 1986 e foi um hit.

Também se atribiui o flop do filme ao hype que havia à volta de “Aliens”, que estrearia uns dias depois de “Big Trouble in Little China”. Ambos os filmes vinham da Twentith-Century Fox.

Big Trouble in Little China - Comics - 9

Big Trouble in Little China - Comics - 3

Big Trouble in Little China - Comics - 7

Big Trouble in Little China - Comics - 4

Big Trouble in Little China - Comics - 1

Big Trouble in Little China - Comics - 2

Em 1986 foi lançado um jogo pela Electric Dreams Software. Foi editado para ZX Spectrum, Commodore 64 e Amstrad CPC.

Em 2009, a editora Top Cow planeou fazer um comic, baseado no filme. Seria escrito por Evan Bleiweiss e desenhado por Jason Badower. Nada mais se falou, nada se viu.

Em 2014, a editora BOOM! Studios anunciou um comic. Começou em Junho desse ano. Escrito por Eric Powell e John Carpenter, tinha desenhos de Brian Churilla.

http://www.readcomics.tv/comic/big-trouble-in-little-china

http://www.ew.com/article/2016/07/11/big-trouble-little-china-crossover-comic

http://www.ew.com/article/2016/09/12/big-trouble-little-china-comic-kurt-russell

http://boingboing.net/2016/09/08/481270.html

http://readcomiconline.to/Comic/Big-Trouble-In-Little-China

http://www.ign.com/articles/2016/07/12/big-trouble-in-little-china-escape-from-new-york-comic-crossover-is-actually-happening

http://comicvine.gamespot.com/big-trouble-in-little-china/4050-74533/

https://shop.boom-studios.com/comics/detail/3097/big-trouble-in-little-china-01-(cover-a)

 

Big Trouble in Little China - Action Figure - 1

Big Trouble in Little China - Action Figure - 2

Big Trouble in Little China - Action Figure - 3

Em 2015, a Funko lançou varias action figures, inspiradas nos personagens do filme.

Um episódio da série televisiva “Teenage Mutant Ninja Turtles” chegou a ter inspiração no filme de Carpenter.

Big Trouble in Little China - Action Figure - 4

Big Trouble in Little China - Action Figure - 6

Big Trouble in Little China - Action Figure - 5

A “Empire” colocou “Big Troube in Little China” na posição #430 dos “500 Maiores Filmes de Sempre”.

Big Trouble in Little China - remake - 3

Big Trouble in Little China - remake - 2

Big Trouble in Little China - remake - 1

Em Junho de 2015 foi anunciado o remake de “Big Trouble in Little China”. Dwayne Johnson vai ser o protagonista e ele quer a participação de Carpenter.

 

Big Trouble in Little China - Poster 10

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s