Tânger (1946)

Tangier - Poster 3
Título Original – Tangier

 

“Casablanca” foi de tal modo popular e icónico, que logo gerou imitações e rip-offs.

Eis mais um.

Com a caliente Maria Montez.

 

Tanger. Anos da Segunda Guerra Mundial.

Num café local, várias pessoas, de várias nacionalidades, cruzam-se.

O objectivo passa por localizarem um artefacto, que é do interesse de muita gente.

Tangier - screenshot 3

Tangier - screenshot 1

Tangier - screenshot 4

Um muito simpático drama de aventuras, em ambiente exótico, que tenta capitalizar o sucesso de “Casablanca”.

 

Está lá o triângulo amoroso, o anti-herói desiludido, a militar cínico, o bar onde todos se encontram, jogos de intriga e sedução, suspeitas, roubos, assassinatos, procura de items valiosos, amizades frágeis, a mulher fascinante que cativa a atenção (e o coração) de todos.

Pelo meio, muitos mistérios – um à volta de um roubo, outro à volta da identidade de um criminoso nazi e outro à volta da senda misteriosa de uma mulher.

 

Ou seja, a fórmula (de “Casablanca” e tantos sucedâneos que vieram a seguir) usada e tratada com sentido de eficácia e entretenimento, mas (como seria de esperar) sem o mesmo poder de charme e estilo.

(e nenhum mal vem daí)

Tangier - screenshot 6

Maria Montez domina o filme, mas falta-lhe a devida cumplicidade do restante elenco – Robert Paige não tem carisma e presença ao nível desta Diva da Série B, Sabu está (muito) desaproveitado.

 

Entretém, sim, mas há melhor – no género, nestas imitações e na filmografia de Maria.

 

Vê-se bem.

 

“Tangier” não tem edição portuguesa nem noutros mercados.

 

Tangier - Poster 7

 

Realizador: George Waggner

Argumentistas: M.M. Musselman, Monte Collins, Alice D.G. Miller

Elenco: Maria Montez, Robert Paige, Sabu, Preston Foster, Louise Allbritton, Kent Taylor, J. Edward Bromberg, Reginald Denny

 

Trailer

 

Clips

 

 

 

Tangier - Promo - Maria Montez

Documentário sobre Maria Montez

 

 

Tangier - Poster 6

O filme foi feito a pedido de Maria Montez, que estava algo cansada de aventuras exóticas em Technicolor, passadas no Oriente.

Título inicial – “Flame of Stamboul”.

Ia ter como protagonistas Maria Montez, Jon Hall e Turhan Bey. Seria um novo encontro entre o trio, depois de “Arabian Nights” (1942) e “Ali Baba and the 40 Thieves” (1944).

A história ia-se passar na Turquia. Mas deu-se conta que a história traria problemas políticos.

As filmagens tiveram de ser aceleradas a partir de certa data, devido ao avanço (visível) da gravidez de Montez.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s