As Mil e Uma Noites (1942)

Arabian Nights - Poster 1
Título Original – Arabian Nights

 

Maria Montez e Jon Hall criaram um dos pares mais relevantes do Cinema.

Sempre vistos em fantasias action/adventure de época, fizeram vários filmes juntos.

Este é o primeiro.

 

O Califa de Bagdad é retirado do trono pelo seu ganancioso irmão.

Haroun é dado como morto, encontrando refúgio numa troupe de artistas.

Ajudado pela bela Sherazade, Haroun procura desmascarar o irmão, desbaratar os seus planos e retomar o controlo da nação.

Arabian Nights - screenshot 4

Arabian Nights - screenshot 3

O mítico conto recebe uma adaptação à altura da sua reputação.

(mas não fiel – contudo, nada disso interessa, perante os enormes méritos do filme)

 

Pleno de cor, ritmo, fantasia, acção, aventura, intriga, romance, exotismo e sensualidade, o filme é um exemplo perfeito de Cinema como Arte de Entretenimento e Escapismo.

 

Para aumento da diversão, surgem duas figuras secundárias (mas com direito a uma história e mitologia própria), relevantes na mitologia do Médio-Oriente, que são uns inesperados comic relief – Sinbad e Aladdin.

Arabian Nights - screenshot 1

maria montez 1942 - arabian nights - by roman freulich

Fabuloso trabalho de fotografia, cenografia e guarda-roupa, que nos levam mesmo para aqueles ambientes, lugares e tempos.

Arabian Nights - screenshot 5

Arabian Nights - screenshot 6

Maria Montez e Jon Hall encontram-se aqui pela primeira vez (fariam mais cinco filmes em conjunto) e já mostravam porque estava mesmo no destino de ambos terem de contracenar juntos, criando assim um dos pares mais populares e míticos do Cinema.

Ela irradia uma misteriosa sensualidade (provando porque era a Raínha para este género), ele sempre prestável para a aventura e o romance.

Sabu (outro ilustre para este género) é um perfeito side-kick.

Arabian Nights - screenshot 9

John Rawlins era um hábil tarefeiro e só lhe era pedido que soubesse aglutinar todos estes ingredientes e fazer grande entretenimento.

Consegue-o plenamente.

Arabian Nights - screenshot 10

Uma maravilha.

 

Obrigatório.

 

“Arabian Nights” não tem edição portuguesa, mas a edição espanhola tem legendas em Português. Está a bom preço e conta com uma impecável remasterização a nível de imagem e som.

Arabian Nights - screenshot 11

 

Realizador: John Rawlins

Argumentistas: Michael Hogan, True Boardman

Elenco: Jon Hall, Maria Montez, Sabu, Leif Erickson, Turhan Bey, Thomas Gomez

 

Trailers

 

Orçamento – 904.000 Dólares

Bilheteira – 3.4 milhões de Dólares

Mercado doméstico – 1.7 milhões de Dólares

 

Arabian Nights - Poster 2
Esteve nomeado para “Melhor Fotografia – Cores” (venceu “The Black Swan”), “Melhor Cenografia – Cores” (venceu “My Gal Sal”), “Melhor Som” (venceu “Yankee Doodle Dandy”), “Melhor Música – Drama ou Comédia” (venceu “Now, Voyager”), nos Oscars 1943.

Arabian Nights - Poster 3

É o primeiro filme a usar a tecnologia 3-Strip Technicolor, da Universal.

 

Estreia de Acquanetta.

 

O filme inspira-se no conto “As Mil e Uma Noites”, mas faz muitas concessões face ao livro, retirando vários elementos sobrenaturais e criaturas.

Arabian Nights - screenshot 13

O produtor Walter Wanger era um recém-chegado à Universal. Impressionado pelo (enorme) sucesso de “The Thief of Bagdad” (1940, também com Sabu), imediatamente procurou levar avante um projecto de semelhante tom.

O estúdio estava de tal modo crente no poder popular do trio Jon Hall / Maria Montez / Sabu, que logo os contratou para mais dois filmes – “Cobra Woman” e “White Savage”.

 

Documentário sobre Maria Montez

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s