A Evocação 2 (2016)

The Conjuring 2 - Poster 2
Título Original – The Conjuring 2

 

Em 2013, James Wan (já com bom curriculum no terror – “Saw”, “Dead Silence”, “Insidious”) adaptava ao Cinema as “aventuras” do casal Warren (Lorraine e Ed), peritos no combate às forças do Mal.

O filme (já aqui visto) era uma rollercoaster de sustos e foi um enorme sucesso (316 milhões de Dólares – a nível mundial – face a um orçamento de 20).

Sem surpresa, eis a sequela.

Que marca o regresso de Wan ao terror (depois da sua bem-sucedida experiência no campo do action cinema e dos blockbusters – assinou “Fast & Furious 7” e conseguiu o maior sucesso da saga e um dos 5 maiores de sempre).

 

1977.

Lorraine e Ed Warren viajam até Inglaterra.

A viagem nada tem de lazer. Os Warren vão ajudar uma mãe de quatro filhos, que tem a sua casa assolada por demónios.

Mas tudo se complica quando surgem provas que tudo é uma fraude.

Ou não?

MK1_5074.dng

The Conjuring 2 - screenshot 11

MK1_5272.dng

Terminada a sua (muito bem sucedida) passagem pelos blockbusters (ao qual vai regressar em 2017, com “Aquaman”, que marca a entrada do realizador nos superhero movies) e pela acção (automobilística) mais espectacular, James Wan regressa a “casa”, o seu género eleito – o terror.

 

“The Conjuring 2” aposta na continuidade face ao anterior, mas com um caso inteiramente diferente.

MK1_4047.dng

MK1_0006.dng

The Conjuring 2 - screenshot 4

Continuamos no campo das casas assobradas, de pessoas possuídas por demónios, mas o filme não se limita a ser uma sucessão (absolutamente brilhante na sua encenação) de sustos, fazendo (tal como no episódio anterior) uma forte aposta no lado humano e emocional.

Se por um lado temos o convívio com aquela família (uma mãe com duas filhas e dois filhos, a tentarem sobreviver e a unirem-se perante o Mal que os assola), por outro temos a dinâmica dos Warren (as dúvidas de Ed, os receios de Lorraine).

É esta riqueza humana que faz com que a saga “The Conjuring” se desmarque de outras sagas de terror (mantém paralelismos com a saga “Insidious”, também criada por Wan).

The Conjuring 2 - screenshot 10

The Conjuring 2 - screenshot 14

Mas isto é um filme de terror.

E de que maneira!!!

The Conjuring 2 - screenshot 15

James Wan volta a mostrar toda o seu savoir-faire para o género e dá-nos mais um circo de medo e terror, capaz de nos “limpar” as unhas e pôr o coração em alta rotação.

 

Vera Farmiga e Patrick Wilson continuam excelentes como Lorraine & Ed Warren.

O restante elenco acompanha-os com igual nível de competência, sendo de destacar uma impecável Frances O’Connor (que bem traduz o desespero daquela mãe) e de uma superior (e muito promissora) Madison Wolfe (que incarna bem o medo que se apodera da sua personagem).

The Conjuring 2 - screenshot 7

The Conjuring 2 - screenshot 8

The Conjuring 2 - screenshot 13

“The Conjuring 2” marca o regresso de um realizador em grande forma (não há que ter medo em dizê-lo – Wan é, “apenas”, o melhor realizador de terror da actualidade, conseguindo assim reclamar o trono ocupado outrora por John Carpenter e Sam Raimi), conseguindo criar aquela que considero como a melhor saga de terror da actualidade (se bem que é difícil medi-la face a “Insidious” – outra saga criada por Wan, cujo “Chapter 4” já vem a caminho).

 

Ainda não há notícias de um “The Conjuring 3”. Mas sabe-se que Wan quer fazê-lo e até já tem ideias.

Venha ele.

 

Até lá, Wan vai continuar activo no terror, ainda que apenas como produtor.

Para além de “Insidious: Chapter 4” (em 2017), também virá “Annabelle 2” (o spin-off de “The Conjuring”; igualmente para 2017).

Prontinho (para Julho 2016) está “Lights Out”, sobre uma família que é assustada por um espírito demoníaco que só aparece na escuridão. Dirige David F. Sandberg (que também terá tal função em “Annabelle 2”) e vem escrito por Eric Heisserer (o remake de “A Nightmare on Elm Street”, a prequela de “The Thing”), com Teresa Palmer, Maria Bello, Gabriel Bateman e Alexander DiPersia.

The Conjuring 2 - screenshot 6

The Conjuring 2 - screenshot 9

The Conjuring 2 - screenshot 12

Uma sequela de grande nível.

O melhor filme de terror do ano e um dos melhores de sempre.

 

Obrigatório.

 

“The Conjuring 2” já está nas salas portuguesas.

(e a deixar muita gente aos gritos e a abandonar a sala – eu sei, eu vi e ouvi tal)

 

The Conjuring 2 - screenshot 17

The Conjuring 2 - screenshot 16

 

Realizador: James Wan

Argumentistas: Carey Hayes, Chad Hayes, James Wan, David Leslie Johnson

Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Madison Wolfe, Frances O’Connor, Lauren Esposito, Benjamin Haigh, Patrick McAuley, Simon McBurney, Franka Potente

 

Site – http://www.theconjuring2.com/

 

Orçamento – 40 milhões de Dólares

Bilheteira (até agora) – 81 milhões de Dólares (USA); 199 (mundial)

 

Lorraine & Ed Warren

Sobre os Warren

http://www.thedemonologist.net/work4.htm

http://www.warrens.net/

 

Sobre o caso verídico que inspira o filme

(o evento foi provado como uma mentira, mas Wan ignora, em parte, tal e segue um argumento autónomo)

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2054842/Enfield-Poltergeist-The-amazing-story-11-year-old-North-London-girl-levitated-bed.html

http://www.historyvshollywood.com/reelfaces/conjuring-2-enfield-poltergeist/

 

The Conjuring 2 - Poster 4

“The Conjuring” originou um spin-off – “Annabelle” (já com sequela a caminho – 2017), sobre uma boneca vista em momentos de “The Conjuring”.

“The Conjuring 2” também vai gerar um outro spin-off – “The Nun”, à volta do demónio (vestido de freira) que surge em “The Conjuring 2”.

The Conjuring 2 - Backstage - James Wan, Vera Farmiga, Patrick Wilson

James Wan recusou fazer “Fast & Furious 8” (estreia no Verão 2017) e um chorudo ordenado. Wan preferiu fazer “The Conjuring 2”, regressando assim ao Cinema que sabe fazer melhor.

 

Logo no primeiro dia de filmagens, o set foi abençoado por um padre.

O filme original procurou ter uma classificação PG-13. Esta sequela foi feita sempre a pensar na classificação R.

Lorraine Warren and Vera Farmiga

Baseado no caso que ficou classificado como “The Enfield Poltergeist”.

Tal caso já inspirou uma mini-série – “The Enfield Haunting”.

 

O filme deveria ter estreado em Outubro de 2015. Mas dado o atraso nas filmagens de “Fast & Furious 7” (o falecimento de Paul Walker, refilmagens, maior complexidade dos efeitos visuais, alterações no argumento, pausas na produção), obrigou Wan a iniciar a produção de “The Conjuring 2” mais tarde.

The Conjuring 2 - Poster 3

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s