Wayward Pines (2015-)

Wayward Pines - Poster 3
M. Night Shyamalan assusta agora o mundo da Televisão.

“Wayward Pines” é uma povoação da qual não se sai e é uma série que não se larga.

Porquê?

Ora vamos até lá e iremos perceber.

 

Wayward Pines - screenshot 1

Ethan Burke, agente dos Serviços Secretos, chega a Wayward Pines em busca de dois colegas seus, desaparecidos.

Ethan descobre uma povoação idílica, perfeita criação do American Dream, mas descobre uma cidade cheia de mistérios, segredos e perigos.

Depois de descobrir que não há saída daquela cidade, Ethan vem a descobrir uma verdade verdadeiramente apocalíptica.

 

Welcome to Wayward Pines. Uma cidade onde se morre por… ficar.

Wayward Pines - Poster 4

 

Criador: Chad Hodge

Baseado na saga literária de Blake Crouch

Elenco: Matt Dillon, Carla Gugino, Shannyn Sossamon, Toby Jones, Charlie Tahan, Melissa Leo, Reed Diamond, Hope Davis, Siobhan Fallon Hogan, Terrence Howard, Juliette Lewis

 

Wayward Pines - screenshot 2

Wayward Pines - screenshot 3

Wayward Pines - screenshot 4

Entre “Twin Peaks” (cidade no meio do mato, aparentemente harmoniosa, de verdade bizarra), “The X-Files” (paranóia e conspirações), “The Walking Dead” (a ameaça face a um último reduto da Humanidade), “I Am Legend” (a sobrevivência de quem resta), “The Truman Show” (a vigilância permanente do criador da cidade), “Wayward Pines” é uma brilhante fusão de todos os conceitos destes filmes e séries, mas respira personalidade.

 

Suspense, medo, tensão, intriga, paranóia e drama, andam sempre por lá.

Wayward Pines - screenshot 5

Wayward Pines - screenshot 6

Wayward Pines - screenshot 7

Wayward Pines - screenshot 10

A presença de Shyamalan não é só para dar (bom) nome à série.

À boa maneira do autor de “The Sixth Sense” (que regressou em grande forma, em 2015, com o fabuloso “The Visit” – imperdível, acreditem), a narrativa é uma sucessão non-stop de surpresas e twists.

Mas também, e à maneira do cineasta, há uma história bem contada, sempre com relevo humano e emoções, com atmosfera carregada e excelentes interpretações.

Wayward Pines - screenshot 12

Wayward Pines - screenshot 9

Wayward Pines - screenshot 8

Wayward Pines - screenshot 13

A série mergulha no quotidiano daquela povoação, verdadeiro hino à harmonia social, criando um conjunto de personagens credíveis e merecedores da nossa simpatia, carinho e preocupação.

Para salientar ainda mais a sensação de medo, fica esclarecido, desde muito cedo, que nenhum personagem está a salvo.

 

O ritmo é imparável, cada episódio traz novas verdades e surpresas, terminando sempre em cliffhanger.

Wayward Pines - screenshot 22

Wayward Pines - screenshot 17

Wayward Pines - screenshot 16

Wayward Pines - screenshot 11

WP-ep102_sc31_093r.JPG

Wayward Pines - screenshot 18

Wayward Pines - screenshot 21

Wayward Pines - screenshot 20

Mas no meio do entretenimento, “Wayward Pines” traz uma reflexão bem pertinente neste mundo pós-9/11 – há liberdade com ou sem segurança?, quais as fronteiras de cada uma?, são compatíveis ou inconciliáveis? qual delas estamos dispostos a abdicar?

Wayward Pines - screenshot 23

Wayward Pines - screenshot 30

Wayward Pines - screenshot 25

Wayward Pines - screenshot 26

Wayward Pines - screenshot 24

O (excelente) elenco porta-se ao nível da sua reputação.

Deve-se destacar um Matt Dillon particularmente heróico, valeroso e líder, Toby Jones e Melissa Leo estão bem inquietantes, Hope Davis é bem dedicada, Charlie Tahan é uma óptima revelação e Shannyn Sossamon defende-se muito bem como mãe protectora.

Wayward Pines - screenshot 27

Wayward Pines - screenshot 15

Um verdadeiro nail-biter.

Uma das melhores, mais estimulantes e viciantes criações televisivas da actualidade.

Wayward Pines - screenshot 29

Wayward Pines - screenshot 28

Obrigatório.

 

“Wayward Pines” terminou a sua Season 1 e prepara-se para uma Season 2 já para este Verão.

 

Wayward Pines - screenshot 14

 

Sites

http://www.foxtv.co.uk/wayward-pines

http://www.fox.com/wayward-pines

 

Trailer

 

Wayward Pines - Books Cover

Baseado na trilogia literária de Blake Crouch.

A saga está à venda em Portugal.

O primeiro volume da saga chama-se “Pines” e é coberto pelos primeiros 5 episódios. Os volumes seguintes (“Wayward” e “The Last Town”) são focados nos 5 episódios seguintes.

A saga é um sucesso tal, que tem variações escritas por outros escritores.

Sobre Blake Crouch – http://blakecrouch.com/

 

O título de cada episódio vem de um diálogo tido durante o mesmo.

No primeiro episódio, num momento ouve-se uma música que vem do jogo “Fallout”. O jogo passa-se num futuro apocalíptico, onde os sobreviventes humanos são organizados em pequenas comunidades.

 

Syamalan reconhece a influência de “Twin Peaks”, até porque a série também foi influente sobre Crouch.

Em “Wayward Pines”, a secretária do Sheriff chama-se Arlene Moran. Em “Twin Peaks”, a secretária do Sheriff chama-se Lucy Moran.

 

Reencontro entre Matt Dillon e Terrence Howard, depois de “Crash” (2004).

É a segunda série da Fox onde Howard participa – a outra é “Empire” (2015).

 

Wayward Pines - Poster 5

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s