Regressão (2015)

Regression - Poster 6
Título Original – Regression

 

É o regresso do talentoso espanhol Alejandro Amenábar, agora longe do melodrama (“Mar Adentro”) e do épico histórico (“Ágora”), de volta ao suspense, que marcou o seu início de carreira (“Tesis”, “Abre Los Ojos”, “The Others”).

 

Uma jovem vive atormentada pelos abusos sexuais feitos pelo seu pai, membro de uma seita ligada a cultos satânicos.

Um detective investiga.

A verdade revela-se ainda mais assustadora.

Regression - screenshot 1

"Regression" Day 06.Photo: Jan Thijs 2014

Amenábar regressa ao seu terreno de caça, o suspense, agora com laivos de terror religioso, nomeadamente satânico.

O filme procura andar entre a descodificação dos meandros das seitas satânicas, a “popularização” do Mal pelos media, uma investigação policial clássica e a obsessão/possessão do protagonista pelo Mal.

Elogia-se a tentativa, mas o resultado acaba por ser algo light face ao potencial do material.

Sente-se que o argumento necessitava de uma reescrita e rearranjo para conseguir ser mais forte e denso nalgumas das áreas abordadas, principalmente na análise do Mal, na perversão da inocência e na imersão do protagonista junto daquele obscuro território.

"Regression" Day 19.Photo: Jan Thijs 2014

Regression - screenshot 5

Como sempre em Amenábar, há um twist, eficaz mas não inteiramente inesperado, com alguns detalhes a serem ago forçados.

 

Excelente trabalho de fotografia, sempre em tons cinza (bem carregados), que assim ilustram os ambientes e a moralidade de alguns personagens.

Regression - screenshot 6

Ethan Hawke defende-se muito bem como um personagem de tal modo empenhado na resolução do caso e na compreensão dos seus porquês, que se deixa possuir por aquilo que procura destruir.

Emma Watson é simpática e girinha, mas tem em mãos uma personagem cheia de nuances e surpresas, que o seu talento e experiência ainda não sabem explorar.

 

Amenábar dirige com eficácia, sabendo criar bons momentos e atmosferas (os rituais chegam a ser creepy), mostrando que continua em boa forma para o género. Só falta pegar nesse empenho e levá-lo também para a escrita.

Regression - screenshot 3

Resulta bem como entretenimento, mas está longe dos melhores títulos do género, sem esquecer que a mítica série “The X-Files” tratou esta temática por várias vezes e com magníficos resultados.

 

Vê-se bem.

 

“Regression” já está em exibição nas salas portuguesas.

Regression - screenshot 7

 

Realizador: Alejandro Amenábar

Argumentista: Alejandro Amenábar

Elenco: Emma Watson, Ethan Hawke, David Thewlis

 

Orçamento – 20 milhões de Dólares

Bilheteira – 17 milhões de Dólares (mundial)

 

Trailer

 

Regression - Poster 1

Emma Watson já trabalhou com David Thewlis na saga “Harry Potter”.

O primeiro dia de filmagens foi o dia de aniversário de Emma.

Emma considera que a sua personagem para este filme é a mais difícil da sua carreira.

É o terceiro filme de Amenábar filmado em Inglês.

Coincidindo com o teor demoníaco da narrativa, o filme é o sexto filme de Amenábar, bem como o sexto de Emma após a saga “Harry Potter”.

Amenábar inspirou-se em clássicos do terror demoníaco como “The Exorcist” (1973) e “Rosemary’s Baby” (1968).

Filmado em Ontario.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s