Anomalisa (2015)

Anomalisa - Poster 2

Charlie Kaufman, o criador de filmes tão originais, estranhos e fascinantes como “Being John Malkovich”, “Adaptation”, “Synecdoche, New York” e “Eternal Sunshine of the Spotless Mind”, faz a sua estreia na animação.

E, mais uma vez, Kaufman é original, estranho e fascinante.

 

Michael Stone é um homem que está a passar por uma depressão.

Sente-se sozinho e incapaz de socializar ou dialogar.

Durante uma viagem de negócios, Michael conhece uma rapariga que pode ser determinante para uma mudança de atitude.

Anomalisa - screenshot 2

Anomalisa - screenshot 3

Crónica sobre a depressão, a solidão, a (in)comunicabilidade, o amparo, o conforto, o carinho, tratado de uma forma admiravelmente delicada, sensível, sentimental e íntima.

 

Destaque para a cena de amor (embora haverá quem a vai considerar como uma cena de sexo), que é a mais realista, profunda, emocional e comovente dos últimos tempos.

Anomalisa - screenshot 6

Excelente trabalho de animação, no formato “velhinho” de stop-motion.

Magnífico trabalho vocal (e atenção à forma e ao porquê de uma voz ser sempre repetida).

Bonita música (do sempre capaz Carter Burwell – habitual compositor dos filmes dos Coen).

ANOMALISA

Muito recomendável.

 

“Anomalisa” já está nas salas portuguesas.

Anomalisa - screenshot 7

 

Realizadores: Duke Johnson, Charlie Kaufman

Argumentista: Charlie Kaufman, a partir da sua peça (escrita como Francis Fregoli)

Elenco: David Thewlis, Jennifer Jason Leigh, Tom Noonan

 

Orçamento – 8 milhões de Dólares

Bilheteira – 1.4 milhões de Dólares (USA)

 

Trailer

 

Anomalisa - Poster 1

Nomeado para “Melhor Filme de Animação”, nos Oscars 2016.

“Melhor Descrição de Nudez, Sexualidade e Sedução”, pelas Mulheres Jornalistas de Cinema 2016.

“Melhor Realizador”, no Austin Fantastic Fest 2015.

“Top 10 do Ano”, “Melhor Filme de Animação”, pelos críticos de Boston 2015.

“Melhor Filme de Animação”, pelos críticos de Indiana 2015.

“Melhor Música”, pelos críticos de Los Angeles 2015.

“Prémio do Público – Animação”, no Festival de Mill Valley 2015.

“Realização Mais Criativa”, “Realizador a Observar” (Duke Johnson) no Festival de Palm Springs 2016.

“Melhor Filme de Animação”, “Melhor Actor Secundário” (Tom Noonan), pelos críticos de San Diego 2015.

“Melhor Argumento”, pelos críticos de Vancouver 2016.

“Prémio Especial do Júri”, em Veneza 2015.

Anomalisa - Backstage 2

Inicialmente, o projecto visava uma curta-metragem, de 40 minutos.

O filme foi financiado pelo método de crowdfunding, através do Kickstarter.com.

 

É a primeira vez que a Academia nomeia um filme de animação com a classificação R.

 

A cena de amor demorou 6 meses a animar. Tudo porque Duke Johnson queria que a cena parecesse realista e não cómica, acrescido das dificuldades técnicas.

Anomalisa - Backstage 3

O protagonista fica num hotel chamado “The Fregoli Hotel”. Fregoli é uma doença que dá ao seu doente a sensação que as outras pessoas são a mesma pessoa, mas disfarçada.

Num momento, o protagonista assiste a um filme. É uma recriação de uma cena do filme “My Man Godfrey” (1936), com Carole Lombard e William Powell.

A canção a que boneca Geisha canta é uma popular canção japonesa infantil – “Momotaro”. Conta a história de um rapaz que é enviado do Céu, em viagem na companhia de um cão e um macaco, no sentido de combater um demónio.

A canção que uma rapariga canta ao protagonista deveria ser a canção de Celine Dion, “My Heart Will Go On”. Mas por impossibilidade de obter direitos, a canção usada foi “Girls Just Want to Have Fun”, de Cyndi Lauper.

Directors Johnson and Kaufman pose with cast members Leigh and Noonan during the photocall for the movie "Anomalisa" at the 72nd Venice Film Festival, northern Italy

David Thewlis, Jennifer Jason Leigh e Tom Noonan também deram voz aos mesmos personagens, na peça criada por Kaufman.

Com excepção de dois personagens, todos os outros (homem ou mulher) recebem a voz de Noonan.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s