Os Gansos Selvagens Contra-Atacam (1984)

Code Name - Wild Geese - Poster 1
Título Original – Code Name: Wild Geese

 

Uns anitos depois da estreia e do sucesso de “The Wild Geese”, eis um rip-off Made in Italy (algo que era moda, ao longo dos 70s e 80s, dentro do país da Maserati).

Tal como o filme que o inspira, o elenco é comandado por um bom grupo de veteranos.

Dirige o grande Antonio Margheriti (com o pseudónimo internacional de Anthony M. Dawson), ilustre tarefeiro para todo o género de filmes.

 

Robin Wesley, experiente militar de elite tornado mercenário, é contratado para comandar um grupo de vários mercenários e efectuar uma missão delicada e arriscada no Sudoeste Asiático – derrubar um pérfido ditador, que controla o tráfico de ópio na zona.

Mas Wesley vai descobrir que a sua missão prejudica os interesses de muitos poderosos. Até mesmo de quem o contratou.

Code Name - Wild Geese - screenshot 3

Code Name - Wild Geese - screenshot 4

Actioner Z, escorreito, eficaz, entretido e sem pretensões, que cria uma narrativa simples, sem qualquer tipo de profundidade e emotividade, como desculpa para (boas) doses de pirotecnia, tiroteios e porrada.

Code Name - Wild Geese - screenshot 2

Code Name - Wild Geese - screenshot 1

Há bons nomes no elenco, alguns até já veteranos, mas nada de talentoso lhes é pedido. Apenas carisma (principalmente o de Lewis Collins, um subestimado actor de acção).

Code Name - Wild Geese - backstage - Antonio Margheriti & Klaus Kinski

Antonio Margheriti (mais uma vez com o seu pseudónimo internacional de Anthony M. Dawson) sempre se mostrou um tarefeiro de talento e versátil (abordou o actioner, o giallo, o western spaghetti). Aqui volta a dar provas do seu jeito e entusiasmo.

Code Name - Wild Geese - screenshot 5

“Codename: Wild Geese” insere-se perfeitamente na moda de rip offs que o cinema italiano produzia (tão bem) nos 70s e 80s.

(alguém se recorda de ver estes títulos a encherem matinés no Águia d`Ouro, Batalha, Coliseu e Olímpia, no Porto?)

 

Um divertimento brainless que se vê muito bem.

 

“Codename: Wild Geese” não tem edição portuguesa. Mas pode ser encontrado noutros mercados, a diversos preços.

Code Name - Wild Geese - screenshot 6

 

Realizador: Antonio Margheriti (como Anthony M. Dawson)

Argumentistas: Michael Lester, Tito Carpi (sem crédito), Gianfranco Couyoumdjian (sem crédito)

Elenco: Lewis Collins, Lee Van Cleef, Ernest Borgnine, Klaus Kinski, Mimsy Farmer

 

Trailer

(em alemão)

 

Code Name - Wild Geese - Poster 3

“Codename: Wild Geese” insere-se num modelo de cinema, criado em Itália, denominado de “Macaroni Combat”. Deste (sub)género derivam pérolas como “Under Ten Flags” (1960, com Van Heflin e Charles Laughton), “The Best of Enemies” (1961, com David Niven e Alberto Sordi), “Warriors Five” (1962, Jack Palance), “Torpedo Bay” (1962, com James Mason), “The Legion’s Last Patrol” (1962, com Stewart Granger), “Two Colonels” (1962, com Totò e Walter Pidgeon), “War Italian Style” (1966, com Buster Keaton), “Dirty Heroes” (1967), “Desert Commandos” (1967), “Hell in Normandy” (1967), “Commandos” (1968, com Lee Van Cleef), “The Battle of the Damned“ (1968), “Anzio” (1968, com Robert Mitchum, Robert Ryan, Peter Falk, Earl Holliman), “Eagles Over London” (1969), “Salt in the Wound” (1969, com Klaus Kinski), “Legion of the Damned” (1969, com Jack Palance), “Five for Hell” (1969, com Klaus Kinski), “Churchill’s Leopards” (1970, com Klaus Kinski), “Hornets’ Nest” (1970, com Rock Hudson), “The Inglorious Bastards” (1978, que inspiraria Tarantino para o seu “Inglourious Basterds”), “Battle Force” (1978, com Giuliano Gemma, Henry Fonda, John Huston, Stacy Keach, Samantha Eggar, Helmut Berger), “From Hell to Victory” (1979, com George Peppard), “The Last Hunter” (1980), este “CodeName: Wild Geese” (1984), “Kommando Leopard” (1985), “Strike Commando” (1987), “Strike Commando 2” (1988), “Casablanca Express” (1989, com Glenn Ford e Donald Pleasence)

Code Name - Wild Geese - Poster 4

Lewis Collins faria mais dois filmes deste género, com histórias muito semelhantes, também dirigidos por Antonio Margheriti – “Commando Leopard” (1985, ao lado de Klaus Kinski) e “The Commander” (1988, ao lado de Lee Van Cleef e Donald Pleasence).

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s