Wes Craven – RIP (1939-2015)

Wes Craven - Photo 1

Mais um Long Farewell no Cinema.

A um homem que sempre nos assustou e que recebe agora o susto definitivo.

Wes Craven despede-se nós.

 

Nascido em Cleveland, Craven seguiu a via do ensino (Inglês e Humanísticas), tendo leccionado em colégios.

Ao trabalhar como editor de som numa empresa da área, Craven deixa-se seduzir pela indústria dos filmes pornográficos e executa funções de argumentista e editor (com o pseudónimo de Abe Snake).

Wes Craven - Photo 2

A sua atenção muda-se para o Terror e em 1972 assina um dos grandes shockers da década e de sempre – “The Last House On The Left”. O filme causa polémica, é banido em muitos países, mas é um enorme sucesso e gera culto.

Craven começa a ganhar nome, que fica maior com “The Hills Have Eyes” (outro grande shocker, na época e para sempre; teve direito a sequela), “Deadly Blessing” e “Swamp Thing”.

 

Em 1984, Craven faz o título definitivo para a sua reputação. É o ano do célebre “A Nightmare On Elm Street”, onde surge o rosto dos maiores pesadelos dos adolescentes – Freddy Krueger, o serial killer que só ataca em sonhos.

O filme é um enorme sucesso e gera 6 sequelas (Craven escreve duas delas e realiza uma), um crossover (Freddy enfrenta o Jason de “Friday the 13th”) e uma série televisiva.

 

Em 1996, Craven volta a marcar pontos e a fazer escola no género. Surge “Scream”, uma reinterpretação, plena de humor e cinefilia, do género que Craven ajudou a edificar.

Volta a ser sucesso e gera 3 sequelas (todas realizadas por Craven) e é alvo de uma série televisiva que estreia este ano.

 

Craven continuou fiel ao género (“People Under The Stairs”, “The Serpent and the Rainbow”, “Shocker”, “Red Eye”), mas não se inibe de outros registos (o simpático melodrama “Music Of The Heart”, com Meryl Streep).

 

Há uns anos, surgiu a moda de fazer remakes dos seus filmes – “The Hills Have Eyes” (excelente; teve direito a sequela) e “A Nightmare on Elm Street (desastroso; vai ter reboot em breve).

 

Craven era um verdadeiro mestre para o campo do suspense terror, sabendo criar situações absolutamente arrasadoras para os nervos.

As suas personagens femininas eram sempre fortes, os seus vilões eram sempre tenebrosos, a violência era frequentemente explícita e sangrenta.

Perde-se um grande mestre de Cinema e do género.

Wes Craven - Photo 3

So long, Wes.

Os pesadelos criados vão continuar na memória do cinéfilo.

 

Tributos

 

Uma entrevista

 

Trailers de alguns dos seus mais emblemáticos filmes

 

The Last House on the Left

 

The Hills Have Eyes

 

Deadly Blessing

 

Shocker

 

Scream

 

Red Eye

 

A Nightmare on Elm Street

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s