A Noite Fez-se Para Amar (1971)

McCabe & Mrs Miller - Poster 4

Título Original – McCabe & Mrs. Miller

 

Goste-se ou não, Robert Altman marcou o Cinema dos 70s e deixou o seu lugar na História do Cinema.

Eis um dos seus títulos mais aclamados e que muito ajudou na criação do seu (bom) nome e reputação.

Num registo insólito para ele – o Western.

 

John McCabe é um jogador profissional que chega a uma pequena povoação mineira. Rapidamente começa a criar reputação e estatuto na zona e cria um rentável negócio de diversão, à base de jogo e bebidas.

Mas faltam “meninas”.

“Mrs.” Constance Miller é uma prostituta experiente que chega à povoação. Rapidamente vê potencial para o seu ramo empresarial e cativa a atenção (e investimento) de McCabe.

A parceria é frágil, mas rentável.

Até que o negócio começa a despertar interesses de outras “empresas”.

McCabe resiste, mas a sua atitude vai ter consequências para todos e para a povoação.

McCabe & Mrs Miller - screenshot 3

Robert Altman. Num Western.

Bom, Altman nunca foi (nem nunca seria) alguém ao nível de Hawks, Peckinpah ou Ford (e, certamente, nunca o quis ser).

Mas a verdade é que tem neste filme um dos seus mais conseguidos trabalhos e um dos seus melhores filmes (do que vi, considero este “McCabe & Mrs. Miller” e “The Long Goodbye” – outro registo inesperado para Altman, o Film Noir – como os seus melhores filmes).

McCabe & Mrs Miller - screenshot 6

Menos western e mais melodrama, o filme acaba por ser uma visão simbólica dos USA, do seu nascimento, construção e moral, o sentido de empreendedorismo privado, os interesses financeiros sobre os humanos e morais, os takeovers das grandes corporações, o luxo (e luxúria) das criações de impérios, a sua ascensão e queda, as fragilidades de improváveis e frágeis parcerias (empresariais, amigáveis ou sentimentais).

 

Tudo passa pelo (excelente) argumento e nele pode-se ver uma parábola sobre a moral social, financeira e empresarial do mundo americano e mesmo do moderno (seja de que zona do globo for).

McCabe & Mrs Miller - screenshot 9

McCabe & Mrs Miller - screenshot 10

Warren Beatty e Julie Christie estão bem, compondo uma parceria improvável, de moralidade rival, mentalidade compatível e corações complementares.

 

Excelente fotografia (atenção aos interiores à luz de velas) do veterano e lendário Vilmos Zsigmond.

Impecável cenografia (o look da povoação e a forma como ela é sentida).

McCabe & Mrs Miller - screenshot 2

McCabe & Mrs Miller - screenshot 5

Belo conjunto de canções (da autoria do grande Leonard Cohen), bem adequadas à melancolia de grande parte da narrativa.

 

Muito bem conseguida encenação do duelo final (que antecipa o que Clint Eastwood faria no final do belíssimo “Pale Rider”), criando-se uma óptima tensão.

 

Uma obra-prima do cinema moderno.

 

“McCabe & Mrs. Miller” tem edição portuguesa e anda a preço de “amar”.

McCabe & Mrs Miller - screenshot 11Realizador: Robert Altman

Argumentistas: Robert Altman, Brian McKay, a partir do livro de Edmund Naughton (“McCabe”)

Elenco: Warren Beatty, Julie Christie, Rene Auberjonois, William Devane, Bert Remsen, Shelley Duvall, Keith Carradine, Michael Murphy

 

Bilheteira – 8.2 milhões de Dólares (USA)

Mercado doméstico – 4.1 milhões de Dólares (USA)

McCabe & Mrs Miller - Poster 2

Trailer

 

Canção inicial

McCabe & Mrs Miller - screenshot 1

Julie Christie esteve nomeada para “Melhor Actriz”, nos Oscars 1972. Jane Fonda, por “Klute”, foi preferida (curiosamente, ambas interpretam prostitutas).

“Filme a Preservar”, pelo National Film Preservation Board USA 2010.

McCabe & Mrs Miller - Backstage 1 - Warren Beatty, Julie Christie and Robert Altman

Durante a pós-produção, Robert Altman estava com dificuldade em encontrar um tema musical para o final. Numa festa, ouviu o álbum “Songs of Leonard Cohen”. Altman achou que muitas das canções inseriam-se perfeitamente no tom do filme. Cohen tinha gostado do filme anterior de Altman (“Brewster McCloud”) e permitiu-lhe o uso de três canções – “The Stranger Song”, “Sisters of Mercy” e “Winter Lady”. Curiosamente, numa primeira visão, Cohen não gostou do filme e comunicou tal a Altman, que ficou triste. Mas numa nova visão, Cohen mudaria de opinião (e comunicaria tal a Altman).

Warren Beatty tinha por hábito fazer vários takes de cada uma das suas cenas. Um dia, Beatty insistiu em mais takes de uma cena, apesar de Altman já ter dado por fim o dia de filmagens. Altman saiu de cena e deixou os retakes a serem feitos pelo seu assistente. Beatty faz mais de 30 takes. Mais tarde, Altman vingar-se-ia – numa cena, Altman exigiu a Beatty 25 takes de uma cena; “por acaso”, a cena passava-se na… neve.

Muitos dos actores que criam personagens de curta presença improvisaram nessa criação. Altman incentivou os actores a escolherem qual a roupa que lhes parecia como a adequada.

Altman queria Elliott Gould (com quem Altman já tinha – “M.A.S.H.” – e teria – “The Long Goodbye” – curriculum) para protagonista, mas o estúdio recusou.

Título inicialmente previsto – “The Presbyterian Church Wager”. Foi rejeitado devido ao protesto da Igreja junto da Warner Bros (estúdio produtor do filme).

É o primeiro filme de Keith Carradine.

Ned Beatty chegou a ser ponderado para protagonista, mas Altman achou-o demasiado jovem.

Em 2008, o American Film Institute tinha “McCabe and Mrs. Miller” na posição 8 dos “10 Melhores Westerns de Sempre”.

É o segundo, de sete, filme de Shelley Duvall com Altman – “Popeye” (1980), “Nashville” (1975), “3 Women” (1977), “Brewster McCloud” (1970), “Thieves Like Us” (1974) e “Buffalo Bill and the Indians, or Sitting Bull’s History Lesson” (1976).

O editor Lou Lombardo queixou-se a Altman que a banda sonora era muito “lamacenta” e pediu-lhe que a alterasse. Altman recusou e disse que a culpa era de Lombardo.

McCabe & Mrs Miller - Backstage 2 - Warren Beatty, Vilmos Zsigmond and Robert Altman

Segundo Altman, o filme é um anti-western, porque inverte ou subverte uma serie de clichés do género.

Filmado em Vancouver.

Filmado por ordem sequencial.

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s