Sniper Americano (2014)

Sniper Americano - Poster 3

Título Original – American Sniper

 

Regresso de Clint Eastwood.

Regresso ao biopic (“Bird”, “Jersey Boys”).

Regresso ao mundo militar (“Heartbreak Ridge”).

Visão da vida de um importante militar da história americana recente.

 

Acompanhamos alguns dos momentos mais importantes da vida de Chris Kyle, um devoto patriota e militar, que se especializou como sniper, tendo ainda o recorde de mais mortes em combate.

Para além do seu heroísmo em combate, assistimos à sua luta na (in)adaptação à vida “normal”.

N07A6557.dng

Ao vermos este excelente “American Sniper” é algo difícil não pensarmos no (igualmente) excelente “The Hurt Locker”.

O filme de Kathryn Bigelow segue um tom “documental” sobre o dia-a-dia em cenário de guerra, mostrando como esta pode ser um vício, acompanhado por umas tensas e explosivas set-pieces.

O filme de Clint Eastwood opta por um ilustrar de vida, o choque permanente entre a destreza no campo de guerra e a incapacidade no cenário doméstico, guiado pelo constante duelo psicológico e familiar do protagonista.

Comum a ambos, a enorme qualidade do produto final, a forma como se capta a atenção (e a tensão) do espectador, deixando reflexões para este (nenhum dos filmes é militarista).

American Sniper - screenshot 2

“American Sniper” é, afinal, um “best of” da vida de um homem que viveu (intensamente) o seu patriotismo e as suas obrigações militares, estando sempre em luta (consigo mesmo) sobre em qual cenário se sentia mais vivo – o de combate ou o doméstico.

TA3A5741.DNG

Bradley Cooper (em formato XXL – hmm, será do elevado consumo dos gelados Häagen-Dazs?) dá-nos a melhor interpretação da sua carreira, ilustrando muito bem o duelo interior do seu personagem, a sua destreza heróica e a sua incapacidade familiar.

Sienna Miller defende-se muito bem como uma esposa que luta pela união do seu seio familiar.

American Sniper - screenshot 6

Clint Eastwood realiza com grande bem-saber clássico, sendo forte nos momentos dramáticos, mas sabendo ser uma fábrica de adrenalina nas (impecáveis) cenas de acção (capazes de ensinar muito realizador “modernaço” sobre como filmar acção).

 

Um belo filme que ilustra que muita guerra no ser humano não se trava com balas e explosivos.

E um excelente tributo à memória de Chris Kyle.

Chris Kyle & Taya - American Sniper - Photo 2

Muito recomendável.

American Sniper - screenshot 4

Realizador: Clint Eastwood

Argumentista: Jason Hall, a partir do livro de Chris Kyle (com Scott McEwen e James Defelice)

Elenco: Bradley Cooper, Sienna Miller

 

Site – http://www.americansnipermovie.com

 

Orçamento – 58 milhões de Dólares

Bilheteira (até agora) – 217 (USA); 264 (mundial)

Chris Kyle - American Sniper - Photo 1

Sobre Cris Kyle – http://www.chriskyleamericansniper.info

American Sniper - screenshot 5

“American Sniper” está nomeado para “Melhor Filme”, “Melhor Argumento Adaptado”, “Melhor Montagem”, “Melhor Som” e “Melhores Efeitos Sonoros”, nos Oscars 2015. Bradley Cooper concorre como “Melhor Actor”.

Cooper foi eleito o “Melhor Actor num Filme de Acção”, nos prémios Broadcast Film Critics Association 2015.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s