Nunca Me Deixes (2010)

Nunca Me Deixes  - Poster 2

Título Original – Never Let Me Go

Drama sobre o rumo perante a dádiva de viver, vivido por um estimulante trio de actores.

Ruth, Kathy e Tommy são três crianças. Vivem num rigoroso colégio, onde são “treinados” perante as exigências da vida.

Mas um dia, os três descobre qual o seu destino, o porquê de estarem vivos.

Cabe-hes, no tempo que ainda lhes resta, encontrar o significado do que significa viver.

Never Let Me Go - screenshot 1

Tempo – um bem que o Homem mais deseja e procura que se extenda.

Destino – algo que gostaríamos de controlar e conhecer.

Alma – algo que queremos descobrir e compreender.

Amor – talvez a essência do que deve preencher os “itens” acima.

Never Let Me Go - screenshot 3

“Never Let Me Go” não é (e algum filme alguma vez o será?) a “tese” que tais (e complexos) temas suscitam. Mas percorre ideias e respostas, possíveis.

Ao ilustrar a amizade profunda e vivida de três pessoas, para quem o destino já está traçado logo no momento do “fabrico”, a história aborda também a ânsia eterna do ser humano perante o seu destino (como criá-lo ou mudá-lo), o seu tempo (quanto lhe resta e o que fazer nele), mostrando a sua necessidade perante o amor.

Delicado e sentimental, o filme deixa a profundidade das emoções naquilo que os personagens vivem e mostram, convidando o espectador e juntar-se ao “debate”.

No final, uma sublime conclusão – criação de Deus, da Vida, da Natureza ou de uma “fábrica”, o Homem vem sempre dotado de uma Alma. E é nela que ele encontra a vontade, a necessidade e o preenchimento para viver. A Vida. O Destino. O Amor. O Tempo.

Never Let Me Go - screenshot 5

Óptimo trabalho de fotografia (atenção ao tom nostálgico que é dado aos interiores e exteriores; atenção à mudança cromática consoante o local e tempo onde decorre a acção), que nos deixa sempre perante a sensação de estarmos num passado… tempo.

Sentimental música da grande Rachel Portman (“Chocolat”, “The Cider House Rules”, “Emma”, “One Day”), sempre inspirada para este tipo de histórias.

Never Let Me Go - screenshot 7

Andrew Garfield (ainda em início de carreira) está estupendo, mostrando garra, raiva, dor e sentimento, antevendo o magnífico talento que nos daria no futuro.

Carey Mulligan e Keira Knightley defendem-se muito bem na sua emotividade.

Mark Romanek dirige com elegância e sensibilidade, sempre atento aos personagens e às emoções.

Um belissimo filme.

“Never Let Me Go” nunca teve exibição nas salas portuguesas (apesar de ter andado prometido), mas tem edição lusa em DVD, que está a preço digno de ser “deixado” na prateleira do cinéfilo.

Never Let Me Go - screenshot 4

Realizador: Mark Romanek

Argumentista: Alex Garland, a partir do livro de Kazuo Ishiguro

Elenco: Keira Knightley, Carey Mulligan, Andrew Garfield, Charlotte Rampling, Sally Hawkins, Domhnall Gleeson, Andrea Riseborough

Orçamento – 15 milhões de Dólares

Bilheteira – 2 (USA; 9 (mundial)

Site – http://www.foxsearchlight.com/neverletmego/

Trailer –

 

O Main Theme de Portman –

 

A canção que dá titulo ao filme (por Jane Monheit) –

 

Never Let Me Go - screenshot 9

“Melhor Actor Secundário” (Andrew Garfield), nos Prémios Saturn 2011. O filme também concorreu como “Melhor Filme de Ficção Científica”, mas perdeu para “Inception”. Carey Mulligan e Keira Knightley concorreram, respectivamente, para “Melhor Actriz” e “Melhor Actriz Secundária”, mas Natalie Portman e Mila Kunis (ambas por “Black Swann”) levaram a melhor. Alex Graland tentou o “Melhor Argumento”, mas Christopher Nolan foi preferido com “Inception”.

“Melhor Actriz” (Carey Mulligan), nos Prémios British Independent 2010.

“Filme Subestimado do Ano”, pelos críticos de Phoenix 2010.

“Melhor Banda Sonora”, pelos críticos de San Diego 2010.

Never Let Me Go - screenshot 10

“Never Let Me Go” é o livro preferido de Carey Mulligan. Desejosa que se fizesse uma adaptação cinematográfica, procurou que tal acontecesse quando ela tivesse a idade adequada. Kathy era a personagem que Carey queria interpretar (e assim foi).

Keira Knightley participou no filme a pedido de Carey, grande amiga sua.

Alex Garland comprou os direitos do livro de Kazuo Ishiguro ainda antes de acabar de o ler.

Mark Romanek quis realizar a adaptação cinematográfica mal leu o livro. Romanek queria dar ao filme um look futurista, mas depois desistiu da ideia.

O filme tem filmagens na praia de Holkham, um lugar já conhecido por Keira – “The Duchess” (título por ela protagonizado) teve lá filmagens.

Curiosamente, muitos dos nomes ligados ao filme estão associados a Danny Boyle. O argumentista Alex Garland escreveu-lhe “28 Days Later” e “Sunshine” (e o seu romance “The Beach” foi levado ao ecran por Boyle). O produtor Andrew MacDonald produziu-lhe vários filmes (“Shallow Grave”, “Trainspotting”, “A Life Less Ordinary”, “The Beach”). A produtora executiva Tessa Ross fez-lhe o mesmo para “Slumdog Millionaire” e “127 Hours”. O cenógrafo Mark Digby encarregou-se do mesmo em “Slumdog Millionaire”, “Millions” e “28 Days Later”. Rachael Fleming criou o guarda-roupa para “Trainspotting”, “A Life Less Ordinary”, “The Beach” e “28 Days Later”.

Kazuo Ishiguro - Photo 1

Kazuo Ishiguro é um escritor britânico, de origem japonesa. Já venceu diversos prémios literários e é aclamado como um dos melhores escritores do mundo. O cinema já lhe adaptou um livro (“The Remains of the Day”, de James Ivory, com Anthony Hopkins e Emma Thompson). “Never Let Me Go” chegou a ser considerado como o melhor livro da sua década.

Sobre Ishiguro:

http://www.famousauthors.org/kazuo-ishiguro

http://www.januarymagazine.com/profiles/ishiguro.html

http://literature.britishcouncil.org/kazuo-ishiguro

http://www.goodreads.com/author/show/4280.Kazuo_Ishiguro

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s