Sou Eu o Criminoso (1942)

The Glass Key - Poster 2

 

Título Original – The Glass Key

 

Veronica Lake.

Um dos meus anjinhos no Cinema.

Uma big crush que começou na infância e assim continua.

Infelizmente, encontrar-se um título com ela é uma raridade.

(menos mal que entre nós está editado “Sullivan`s Travels” – onde ela é mesmo um anjinho)

Ei-la (angelical e fatal) num murder mystery noir, em ambientes políticos, com o seu habitual guardian angel – Alan Ladd.

 

Paul Madvig é um importante político, cujo poder passa por influências e corrupção. Mas Paul está decidido a livrar-se das más companhia para a sua próxima eleição.

Mas nem tudo anda fácil. Um poderoso gangster persegue-o. A imprensa não pára de sondar os seus podres. A irmã Opal anda metida com Taylor Henry, o filho de um importante político com quem Paul tem relações de interesse, Ralph Henry. Paul anda também fascinado por Janet, a filha de Ralph.

Mas quando Taylor é assassinado, as culpas parecem apontar a Paul.

Ed Beaumont, o seu braço direito, vai procurar descobrir a verdade e salvar o amigo.

Bom, se o interesse mútuo em Janet não estragar a relação.

The Glass Key - lobbycard 1

The Glass Key - lobbycard 2

The Glass Key - lobbycard 3

The Glass Key - lobbycard 4

Um sinuoso e apaixonante murder mystery noir, com a novidade de se passar nos corredores da política e do jornalismo.

Imensos personagens, múltiplos interesses, valores dúbios, muita ambiguidade nas atitudes, surpresas e reviravoltas.

Os “clichés” do género, mas tratados com grande eficácia, classe e entretenimento.

Para além do mistério (complicado), o filme conta também uma bela amizade e uma brava lição de lealdade.

The Glass Key - screenshot 12

Estando Veronica Lake & Alan Ladd em cena, é claro que também temos uma história de amor e sedução – a diversão está na resistência de cada um face ao outro. A química entre os dois é um permanente firework, pela provocação dela e a (aparente) resistência dele – veja-se o primeiro encontro entre ambos e o olhar malandreco dela face ao descarado contentamento dele.

The Glass Key - screenshot 10

The Glass Key - screenshot 5

The Glass Key - screenshot 4

The Glass Key - screenshot 6

Brian Donlevy sempre muito bem, entre o cínico, o durão e o sentimental.

Alan Ladd óptimo, estóico, leal, calado, heróico e devidamente romântico (principalmente quando Veronica o “obriga”).

Veronica Lake só precisa de fazer aquele look, beicinho, sorriso, voz e atitude (aqui e ali, mais aguerrida) e tudo e todos ficam dominadas e cativados por este miminho. E o noir fica colorful.

The Glass Key - screenshot 1

The Glass Key - screenshot 2

Muito boa fotografia.

Impecável guarda-roupa da grande Edith Head.

The Glass Key - screenshot 7

O veterano Stuart Heisler (um hábil e versátil artesão que merece (re)descoberta e (re)valorização) dirige com sentido clássico e eficácia.

The Glass Key - screenshot 9

The Glass Key - screenshot 8

Uma pequena pérola. Um pequeno clássico.

 

Obrigatório.

 

Os Coen fariam a sua versão de “The Glass Key” com o fabuloso “Miller`s Crossing” (1990).

 

“The Glass Key” não tem edição portuguesa. Mas quem não tiver problemas com legendas em Inglês, Francês e/ou Espanhol, várias edições europeias estão a bom preço.

O romance de Dashiell Hammett que inspira o livro está à venda em Portugal.

The Glass Key - Promo Photo 2

The Glass Key - screenshot 11

The Glass Key - lobbycard 5

Realizador: Stuart Heisler

Argumentista: Jonathan Latimer, aa partir do livro de Dashiell Hammett

Elenco: Alan Ladd, Veronica Lake, Brian Donlevy, Bonita Granville, Richard Denning, Joseph Calleia, William Bendix

 

Trailer

 

Veronica ajuda Alan a ter alta

 

The Glass Key - Poster 4

Alan Ladd preferia sempre dar-se bem com a crew do que com os outros actores ou membros dos estúdios. William Bendix foi uma excepção. Apesar de interpretarem inimigos, e numa cena Ladd ter ficado algo “aleijado” por Bendix, Ladd e Bendix logo se tornaram bons amigos (chegaram mesmo a ser vizinhos).

The Glass Key - screenshot 3

O “The Screen Guild Theater” emitiu uma versão radiofónica de 30 minutos, a 22 de Julho de 1946. Alan Ladd retomou o seu personagem.

The Glass Key - Poster 3

O livro de Hammett chegou a ter uma versão cinematográfica em 1935. Realizado por Frank Tuttle (que dirigiria Veronica & Alan em “This Gun For Hire”, em 1942), tinha no elenco George Raft, Claire Dodd, Edward Arnold e Ray Milland.

The Glass Key - Promo Photo 1

The Glass Key - Promo Photo 3

Sobre Dashiell Hammett

http://www.thrillingdetective.com/trivia/hammett.html

http://www.mysterynet.com/hammett/

http://www.pbs.org/wnet/americanmasters/episodes/dashiell-hammett/about-dashiell-hammett/625/

 

 

The Glass Key - Poster 5

Veronica & Alan

http://shadowsandsatin.wordpress.com/2013/07/12/the-dynamic-duos-blogathon-alan-ladd-and-veronica-lake/

 

The Glass Key - Poster 1

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s