Repórter na Noite (2014)

Nightcrawler - Poster 3

 

Título original – Nightcrawler

Urban noir que ilustra também o mundo nocturno das grandes cidades e a forma como tal galvaniza a atenção dos media.

 

Lou Bloom está desempregado e vive de desenrascanços, mais ou menos (i)legais.

Descobre uma oportunidade de negócio (e vida) ao cobrir eventos violentos da noite de L.A., chegando aos locais antes das autoridades.

O seu trabalho começa a despertar a atenção de uma pequena estação de televisão.

Para Bloom, a nova actividade torna-se um vício onde tudo vale, em nome do sucesso, do “prestígio”, do poder, não se inibindo de sacrificar vidas.

K72A3451d.tif

“Nightcrwaler” é um verdadeiro scoop cinematográfico.

E verdadeiramente implacável.

Film Review Nightcrawler

Por um lado, temos um robusto, viciante, avassalador e vibrante urban noir, na melhor tradição do género à 70s e 80s, com alguns laivos do noir 50s.

Mas o filme também nos dá uma implacável “reportagem” pelo mundo das grandes cidades e pelos seus universos mais sóbrios e violentos.

Como se fosse pouco, o filme faz também uma “cobertura” (implacável) do mundo (igualmente implacável) dos media modernos, para os quais as vidas e tragédias alheias são apenas puppets e mecanismos para jogos à volta de sensacionalismo e audiência.

Nightcrawler - screenshot 3

Nightcrawler - screenshot 7

Nightcrawler - screenshot 6

Jake Gyllenhaal está estupendo, numa personagem viciante, fascinante e repulsiva. Jake compõe a melhor performance da sua carreira, mostrando um invulgar domínio e uso do olhar como uma forma de interpretar e expressar – Bloom é genial, cerebral, manipulador, predador, eloquente, vampírico, abutre, calculista e até divertido. Gyllenhaal consegue aquela que é, para mim, a grande e mais magistral interpretação masculina de 2014.

Rene Russo, grande sex symbol dos 90s, está de volta em grande forma – forte, sensual, aguerrida e excitante.

Nightcrawler - screenshot 9

Nightcrawler - screenshot 10

Dan Gilroy (argumentista de “The Bourne Legacy”) faz aqui a sua estreia como realizador e fá-lo da melhor maneira, num trabalho vigoroso e cheio de garra, na senda dos grandes mestres do género – Don Siegel, Walter Hill e William Friedkin.

Nightcrawler - screenshot 5

Excelente trabalho nos campos da fotografia (a forma como se sente e ilustra a noite urbana; atenção à forma como se ilumina o rosto e olhar de Gyllenhaal nalguns momentos) e música.

 

Em tempos de tanto politicamente (e irritantemente, ou mesmo imbecilmente) correcto, eis um fulgurante regresso a um género de cinema adulto e para adultos, de género, provocatório, amoral, puro e duro, que é um saudável exercício de nostalgia cinéfila (principalmente para aqueles que cresceram ao longo dos 70e e 80s).

K72A4291.CR2

Um dos melhores filmes de 2014.

Um digno membro de qualquer TOP 5 ou mesmo TOP 3.

Por mim, e até ao momento (pouco me falta ver da colheita 2014 que possa fazer sombra a este filme), “Nightcrawler” é o melhor filme do ano.

Um futuro clássico.

Obrigatório.

K72A6112.CR2

Realizador: Dan Gilroy

Argumentista: Dan Gilroy

Elenco: Jake Gyllenhaal, Rene Russo, Riz Ahmed, Bill Paxton

 

Orçamento – 8.5 milhões de Dólares

Bilheteira – 30 (USA); 36 (mundial)

 

Site – http://nightcrawlerfilm.com/

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s