Sem Misericórdia (2014)

The Equalizer - Poster 9

Título Original – The Equalizer

 

Denzel Washington regressa como action hero.

Aproveita para se reencontrar com o realizador que o ajudou a ganhar o Oscar em “Trainig Day” – Antoine Fuqua.

 

Robert McCall leva um avida sossegada. Tem um trabalho simples num supermercado, ajuda um colega a subir na vida, dá-se bem com os seus colegas e passa os seus serões a ler boa literatura.

Uma boa parte dos seus serões é num café, onde conhece Teri, uma jovem prostituta.

O entendimento entre ambos é imediato, mas a forma como Teri é tratada por um gang russo e pela sua ânsia de melhor vida levam McCall a entrar em cena e conseguir aquilo que deseja – justiça para todos.

E McCall revela-se mais que um clerk de supermercado. McCall é um homem marcado por um passado violento e tormentoso, mas que lhe deixou um legado jeitoso – umas special skills que o vão deixar em vantagem contra os seus inimigos.

Denzel Washington

Um muito sólido, emotivo, humano e intenso action thriller, seguindo a matriz clássica do herói relutante, de passado dúbio, em busca de paz, mas “activado” no seu heroísmo por uma causa (humana).

Pode ser visto como um “´Taxi Driver` do Século XXI” (o herói é veterano de guerra(s), a causa é uma jovem prostituta, o herói quer aplicar justiça e ver o mundo no rumo correcto).

Mas o filme tem uma identidade própria.

Os méritos estão no óptimo elenco. Denzel Washington está esplêndido e volta a dar provas que é um excelente action hero (melhor que ele só Liam Neeson), mas que nunca se desliga das suas emoções e motivações, comportando-se como um MacGyver de elite. A adorável Chloë Grace Moretz sabe justificar porque é uma (boa) causa de luta (e que bem que ela lembra Jodie Foster em “Taxi Driver”). Marton Csokas chega a ser inquietante.

Antoine Fuqua volta a dar uma lição de eficácia e ritmo, pela forma como gere (muito bem) as mais de duas horas de duração (não se sente o tempo a passar), sempre sem ritmo apressado, sabendo dar lugar às personagens e àquilo que as move (até começar a porrada, temos muitas e boas conversas entre Denzel e Chloë, com os personagens a conhecerem-se). As cenas de acção estão muito bem filmadas, criando a tensão e impacto adequados, com os eventos a virem do engenho do protagonista e das iniciativas dos vilões, dependendo em nada de histerias sonoras, visuais e pirotécnicas.

Muito interessante é o facto do argumento focar um embate entre iguais (os personagens de Denzel e Marton), de capacidades semelhantes, mas de moralidades bem opostas.

 

Óptimo entretenimento. Assim se faz um bom actioner.

Venha “The Equalizer 2”.

The Equalizer - Screenshot 3

Realizador: Antoine Fuqua

Argumentista: Richard Wenk, a partir da série televisiva criada por Michael Sloan e Richard Lindheim

Elenco: Denzel Washington, Marton Csokas, Chloë Grace Moretz, Haley Bennett, Bill Pullman, Melissa Leo

 

Orçamento – 55 milhões de Dólares

Bilheteira (em duas semanas) – 51 (USA); 68 (mundiais)

Site – http://www.equalizerthemovie.com

 

The Equalizer - Screenshot 4

 

Já agora, (re)descubram a série televisiva que inspira o filme, com Edward Woodward. Woodward interpreta um McCall ligeiramente diferente (Eddie dá-lhe um british touch), mas igualmente heróico e justo. A série (de 4 temporadas) tem edição em DVD (na Inglaterra e nos USA), mas anda em “exibição” noutros “canais”.

The Equalizer - Edward Woodwad - Photo 1

Alguns momentos da série:

 

Sobre a edição DVD – http://theequalizerdvd.com

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s