My Neighbor Totoro – Totoro (1988)

My Neighbor Totoro - Poster 2

É um dos mais aclamados filmes de Miyazaki, dos Estúdios Ghibli, do cinema de animação e de todo o Cinema.

O poder foi tal, que a criatura Totoro se tornou na mascote e símbolo dos estúdios.

Matsuki e Mei são duas irmãs que se mudam com o pai para uma nova casa (a mãe está a recuperar num hospital). Para as duas meninas, a mudança é uma alegria e a nova casa traz um mundo de aventuras com os bosques que a rodeiam. Um dia, Mei encontra uma grande e fofinha criatura de nome Totoro, uma criatura mística que habita os bosques e só pode ser vista por crianças que ele selecciona. Totoro vai levar as duas manas a um mundo encantado, mas também ajudá-las num conjunto de situações que vai apelar ao máximo das suas capacidades emocionais, reforçar a sua relação e fazê-las crescer um pouco mais.

Não admira que haja tanta aclamação à volta deste título.

Se por um lado temos um belíssimo trabalho de animação, com toda aquela riqueza de cores, caracterização (de ambientes e personagens), movimento e música que o estúdio nos habituou, por outro lado temos uma admirável abordagem da infância e da inocência.

Rapidamente ficamos encantados pelas duas manas, pela forma como se relacionam e vivem, como nos comovemos pelos desafios a que são submetidas.

Myazaki dirige com um magistral sentido humano e mágico, conseguindo momentos de pasmo (a cena na paragem do autocarro e o que se segue) e de poesia visual (o “sonho” à volta do crescimento das árvores). Como se fosso pouco, ainda consegue um hábil suspense sobre o quando do aparecer do referido Totoro (um prodígio de design, simplicidade, encanto, fofura, ternura e magia). Sem esquecer a devida componente (tão querida no cinema oriental) espiritual e ecológica.

Um verdadeiro clássico. Um tesouro cinematográfico eterno e para todos.

Aproveitem, pois diversos títulos de Myazaki e dos Estúdios Ghibli andam por aí (nas prateleiras de muitas lojas portuguesas) a bom preço (entre 5.99€ e 7.99€).

Na Exposição Mundial 2005, que decorreu no Japão, estava aberta à visita do público uma casa igual à do filme.

Ei-la – http://kotaku.com/in-japan-you-can-visit-the-totoro-house-for-real-1038774854

Foi exibido em conjunto com “Grave of the Fireflies” (outro título do estúdios e um dos mais belos filmes de sempre – outro dia falarei dele), pois temia-se que fosse um flop. De facto, quase que tal aconteceu. O filme arrancou mal nas bilheteiras e só começou a ser um sucesso quando peluches de Totoro chegaram às lojas.

O filme inspira-se em parte da vida de Miyazaki. Quando ele e os irmãos eram pequenos, a mãe deles teve de ficar internada devido a uma tuberculose.

“Prémio Especial”, nos Blue Ribbon 1989.

“Melhor Filme”, nos Prémios Kinema Jumpo 1989 e no Concurso Mainichi 1989.

Trailer

A versão USA (que surge pela mão da Disney e com todo o habitual perfeccionismo da casa na escolha das vozes) conta com os telentos vocais das adoráveis manas Dakota & Elle Fanning (uau, como elas eram pequeninas e como elas cresceram).

Trabalhos artísticos à volta de Totoro – http://www.redbubble.com/explore/totoro

My Neighbor Totoro - Image 2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s