As Atribulações de um Chinês na China (1965)

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 1

 

Título original – Les Tribulations d’un Chinois en Chine

 

Um ano depois do imparável “L`Homme de Rio”, Jean-Paul Belmondo e Philippe de Broca reencontram-se para mais um destravado momento de acção, aventura e comédia.

 

Arthur é um jovem milionário, mas descontente com a vida. Todas as tentativas de suicídio revelam-se falhadas.

Até que o seu conselheiro chinês lhe propõe um insólito pacto – Arthur deixa-lhe uma parte da sua fortuna e o chinês encarrega-se de, num prazo de 30 dias, matar Arthur quando ele menos espera.

Arthur aceita mas ganha um enorme apetite pela vida quando conhece Alexandrine, uma esbelta stripper.

O problema é que a sua cabeça já está à venda. Como escapar e cancelar o acordo?

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 2

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 1

O filme inspira-se no romance homónimo de Júlio Verne, mas o filme segue o modelo de Tintin e James Bond.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 3

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 4

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 5

Assim que começa a “caça a Arthur”, o filme segue um ritmo imparável de peripécias (veja-se uma monumental cena de destruição automóvel e a forma como continua numa destravada perseguição, concluindo num explosivo tiroteio), no tom das aventuras do jornalista belga, com todo o exotismo e acção das aventuras do agente secreto.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 7

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 11

Jean-Paul Belmondo mostrava que estava à vontade neste género (ele recusava duplos nas cenas de acção) e Ursula Andress (vinda de “Dr. No”- primeira aventura de 007 onde ela foi a primeira Bond-Girl – e a caminho de “Casino Royale” – spoof a 007) irradiava sensualidade (fosse de vestido ou em bikini).

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 8

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 9

Philippe de Broca diverte-se a dar ritmo vivo, enorme diversão, boa acção, grande entretenimento.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 10

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 12

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 13

Ainda é um modelo de um certo tipo de cinema popular que se fazia muito bem nos 60s (em França e noutros países) e que hoje parece desaparecido.

Obrigatório.

 

“Les Tribulations d’un Chinois en Chine” está disponível no mercado nacional, editado pela Estevez IDA Films, e a bom preço.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 14

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 15

Realizador: Philippe de Broca

Argumentista: Daniel Boulanger, inspirado no romance de Júlio Verne

Elenco: Jean-Paul Belmondo, Ursula Andress, Maria Pacôme, Valérie Lagrange, Valéry Inkijinoff, Joe Saïd, Mario David, Paul Préboist, Jess Hahn, Jean Rochefort

 

Clips

 

Bilheteira – mais de 2.7 milhões de espectadores em França

Foi o 10º sucesso do ano, em França.

 

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 7

O filme apenas segue um pouco da ideia geral do romance de Julio Verne.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 6

Reencontro entre Jean-Paul Belmondo e Philippe de Broca, depois de “Cartouche” (1962) e “L’Homme de Rio” (1964); ainda se voltariam a encontrar em “Le Magnifique” (1973). Todos os filmes em parceria foram grandes sucessos de bilheteira.

Daniel Boulanger volta a escrever para Belmondo e de Broca, depois de “Cartouche” (1962), “L’Homme de Rio” (1964).

Claude Pinoteau é o premier assistant réalisateur. Pinoteau tornar-se-ia realizador anos depois – “La Boum” (1980) e “”La Boum 2” (1982) são dois dos seus filmes mais populares, onde se revelou Sophie Marceau.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Screenshot 16

Jean-Paul Belmondo e Ursula Andress estavam a ter um romance, na época.

Paul Préboist tinha medo das alturas, ao contrário de Jean-Paul Belmondo. Na cena do balão, Belmondo estava sempre a pregar partidas a Préboist, que o deixou num tal estado de medo, que o actor chegou a chorar.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 3

Quase todo o filme foi filmado em locais reais (Malásia, Hong Kong, Nepal), com pouco recurso a estúdio.

Numa cena, Alexandrine chama Arthur como Adrien – e uma referência a “L`Homme de Rio”, feito em 1964, também assinado por Philippe de Broca e com Belmondo; o actor interpreta um personagem de nome… Adrien Dufourquet.

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 10

Sobre Júlio Verne:

https://www.britannica.com/biography/Jules-Verne

https://www.biography.com/writer/jules-verne

https://www.goodreads.com/author/show/696805.Jules_Verne

http://mentalfloss.com/article/546405/facts-about-jules-verne

http://www.unmuseum.org/verne.htm

Les Tribulations d` Un Chinois en Chine - Poster 4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s